Carnaval no Joaquinzão

 

 

Depois das agressões sofridas dentro da minha casa, meu estádio, por ter uma diretoria omissa que até hoje não prestou maiores esclarecimentos sobre o acontecido no último jogo dentro de casa, pensei seriamente em desistir de escrever sobre o Taubaté. Não escrevi sobre a 6° rodada quando o E.C.Taubaté enfrentou o Capivariano no dia 18 de fevereiro na arena Capivari e venceu o jogo por 2 a 1, com gols de Rychely e Everton pelo Taubaté e Leandro para o Capivariano.

No sábado dia 25, o Burro da central recebeu em sua casa a Portuguesa na partida pela Sétima rodada do Campeonato Paulista Série A2. O sábado de carnaval trazia uma certa desconfiança para o torcedor acostumado com resultados pouco animadores que essa data costuma proporcionar na história do clube.

Como a cidade destino da maioria taubateana no carnaval, São Luiz do Paraitinga, havia cancelado seu tradicional carnaval de marchinhas, alguns torcedores não tiveram dúvidas, o carnaval seria dentro do Joaquinzão.  Cantando músicas inspiradas nas marchinhas e com torcedores fantasiados em homenagem a pessoas conhecidas ao público presente, a festa estava formada.

C:\Users\AnaClara\Desktop\bruno castilho.jpg

Foto: Bruno Castilho/EC Taubaté

 

Depois de perder a invencibilidade em casa, o primeiro tempo não teve grandes oportunidades para o Taubaté mesmo o time dominando a partida.

Segundo a súmula do jogo, a demora na volta do intervalo se deu devido ao desligamento dos refletores da arquibancada social, ao que tudo indica o aquecimento dos cabos dos refletores causou o problema. Após os reparos, com os jogadores já em campo, o juiz da partida aguardou a iluminação se restabelecer para o reinício do jogo (14 minutos).

Aos 11’do segundo tempo Caíque marca e garante a vitória para o Alviazul por 1 a 0.

No fim do jogo, integrantes da torcida se dirigiram para o mesmo local onde no último jogo apanhou da polícia por protestar, bateu palmas e incentivou o time que mostrou garra dentro de campo e mereceu tal reconhecimento.

Assim que o jogo terminou no Joaquinzão grande parte dos torcedores se dirigiu a Av. do Povo, onde o bloco da torcida Dragões Alvi Azul prestou uma homenagem ao ídolo do Esporte Clube Taubaté e atual vice-presidente Gilsinho.

 

C:\Users\AnaClara\Desktop\gilson.jpg

Fotos: Caíque Toledo / EC Taubaté

 

Esporte Clube Taubaté: Célio,Rafael Ferro, Edgar, Eder, Luis Felipe,Alex Silva, Alan Mota, Rychely, Cassinho (Léo Aro),Caíque (Rai Diego) e Everton. Técnico: Evaristo Piza

 

Portuguesa: Ricardo Berna,Bruno Santos, Vinicius Gouveia, Everton, Thiago Feltri,Fernando, Michel (Bruno Silva), Mateo Bustos (Bruno Xavier), Tárik,Luizinho (Rodolfo) e Adilson. Técnico: Tuca Guimarães


 

Cartões Amarelos

 

Taubaté: Rychely, Rafael Ferro

Portuguesa: Thiago Feltri

 

Gols

 

Taubaté: Caíque 11' 2T


 

Árbitro:  Adriano de Assis Miranda

Árbitro Assist 1:  Herman Brumel Vani

Árbitro Assist 2:  Leandra Aires Cossette

Quarto Árbitro:  Wander Escardine

 

O Burro encara o Barretos, fora de casa, às 20h na quarta.

 

Nos vemos na bancada.

Ana Clara Lindegger – Orgulho de ser Taubaté.