CEARÁ EMPATA FORA DE CASA E VAI SE SEGURANDO NA SÉRIE A

 

Com direito a golaço e pênalti perdido, o Ceará empatou em 2 a 2 nesta penúltima rodada, fora de casa, contra o Atlético-PR.


Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

 

O Vozão foi para a partida precisando pontuar para continuar acreditando na permanência. No início da partida o Ceará conseguiu fazer um belo de um golaço. Em cruzamento certeiro do Ricardinho, o atacante Leandro Carvalho entrou na área acertando um lindo chute de primeira e marcou o primeiro gol do Vovô. Daí então o primeiro tempo terminou assim; donos da casa 0, Ceará 1.
 

Na segunda etapa o adversário voltou inspirado para a partida e logo aos 8’ saiu o primeiro gol do Furacão. O segundo gol deles não demorou muito para sair não, a diferença fora de apenas 4 minutos. Era a virada dos donos da casa e desespero da equipe cearense. Afinal, o resultado não era nada favorável. Desse momento em diante existiam ainda 33 minutos para correr atrás do empate ou quem sabe cogitar numa virada.

 

Outra virada. Sonho? Não, poderia ter sido realidade se não houvesse um pênalti perdido dos pés do Richardson. Aos 30’ da etapa final, o Ceará teve pênalti ao seu favor e a bola temeu para entrar. Mal batido? Méritos do goleiro adversário? Não sei. O momento não era de ficar lamentando pelo desperdício de gol e sim correr atrás pois o Vozão ainda tinha plenas condições de jogo. Para a torcida do Vozão a última coisa que viria à cabeça era apontar o dedo para o volante velho conhecido na torcida e ídolo. Palmas e apoio a quem sempre honrou as cores do Ceará. Havia 15 minutos restantes para a tentativa de empate e o empate felizmente veio.  Aos 37’ o Wescley que teria entrado no segundo tempo no lugar do Ricardinho, aproveitou a falha da zaga do Atlético-PR e faz o gol de empate. O gol do alívio. O gol do ponto importantíssimo. Ufa! 2 a 2.
 

Agora, o Ceará está na 13ª colocação na tabela com 44 pontos e pode se livrar do Z4 ainda nesta penúltima rodada caso o Sport não vença o São Paulo na noite da segunda-feira (26). Caso hipoteticamente isso aconteça, o Alvinegro vai para a última rodada com chances de conseguir a vaga na Sul-americana de 2019. Já imaginou? Futebol e suas maravilhas.

Destaques da partida

 

Foto: Divulgação / Ceará


Nos destaques da partida é sempre legal trazer alguns nomes mesmo quando o jogo é coletivamente melhor. Com análise na partida os dois nomes são:
 

Wescley: O meia-central voltou à equipe depois de um longo período no departamento médico. Ajudou a equipe de forma efetiva, sofreu o pênalti e ainda fez o gol de empate.
 

Leandro Carvalho: O atacante fez o primeiro gol do Ceará e contribuiu muito bem ajudando a equipe a conquistar esse ponto importante.
 

Por receber o terceiro cartão amarelo, o Leandro Carvalho não poderá jogar a última rodada, em casa, diante da torcida alvinegra.
 

“Queria poder dizer o quanto amo jogar por esse clube. O quanto me sinto bem fazendo o que faço. Mas infelizmente um cartão me tirou do último jogo diante de vocês. Talvez porque eu acho que não conseguiria olhar e não vibrar. Não torcer, não chorar, não gritar... O meu muito obrigado ao Ceará, à essa torcida fantástica que sempre me apoiou. O Leandro pode estar saindo um bocado de vocês, mas vocês nunca sairão de mim. Até logo”, escreveu o Leandro Carvalho no Instagram.

Foco no próximo duelo

O próximo duelo do Vovô será contra o Vasco, na Arena Castelão, no próximo domingo (02), ás 17h.

 

Pra cima, Vovô!

Por Gabriela F. Costa