Ceará Sporting Clube... Mais que um time, um estado de espírito!

 

Desde 1914 apaixonando corações. O preto e branco está no corpo, e meu amor é o Ceará!

 

Foto: esporteinterativo

 

Poderia passar um vida inteira aqui contando histórias sobre o Ceará, o tanto que ele meche comigo, o quão sou dependente dele, dos melhores momentos e das mais sofridas lágrimas…

Impossível ter um jogo, que eu não esteja lá no estádio só para vê - lo, para senti - lo... Das orações mais puras, da Fé mais sincera naqueles jogos "impossíveis", dos jogos mais inesquecíveis, aquele que você sente o coração bater fora do corpo, como a Copa do Nordeste de 2015, que nos sagramos campeões de forma  invicta!

Acompanhar cada passo , cada degrau da competição, ir para o Castelão lotado, 63.000 alvinegros. Como não se lembrar  daquele Ceará x Bahia, e do grito de o Nordeste é nosso? Do Ceará x Brasiliense pela Copa do Brasil de 2011, despedida da Arena Castelão que fecharia para reforma da Copa do Mundo ? O jogo seguia em 1 x 1, e aos 47 minutos, nosso atacante Nicasio, fez o gol da virada. Lembro-me como se fosse hoje, aquela girada, aquele chute, a bola entrando na rede, o coração explodindo de felicidade, avançamos para as oitavas da Copa do Brasil... Ah e lembro bem de um outro Brasiliense X Ceará, esse em 2009, pela série B do Brasileiro. Tínhamos um tabu a quebrar , dois anos que não ganhávamos uma partida fora dos nossos domínios.

Estávamos na zona de rebaixamento, lanterna da competição, mas conseguimos a tão sonhada vitória fora de casa, 1x0 sofrido, dali engrenamos 12 partidas sem perder, entramos no G4, não saímos mais, ano do nosso acesso... Ano de felicidade imensa!

Preciso citar também do jogo entre Ceará x Macaé pelo Brasileiro de 2015, precisávamos vencer, estávamos praticamente rebaixados, só a vitória nos interessava. Com gol de pênalti do Rafael Costa, sofremos com a pressão do Macaé no final do jogo, até uma defesa incrível aos 45 do segundo tempo. Everson chegou naquela bola, e um time que ressurgiu das cinza, desacreditado, motivado apenas pela Fé de milhões de torcedores escapou do rebaixamento em uma Arena lotada!

 

Jogadores comemorando a permanência do Ceará na série B. Foto: Globo Esporte Ceará.

 

Senti o coração parar naquele jogo, tenho tantos outros momentos, que se for escrever…

Não posso esquecer os momentos tristes, que ajudaram a escrever nossa história. Os acréscimos, sempre eles, fomos eliminados pelo Botafogo, em 2014 na Copa do Brasil e perdemos a final do estadual de 2015. São  em momentos como esses que o amor é posto a prova, nas horas boas te apoio e nas ruins te amo.. Passo a amar mais ainda!

Ídolo? Mota, Adilson, Sérgio Alves, Dimas Filgueiras... Jogadores torcedores, que sempre deram o melhor dentro de campo, vestiram literalmente a camisa, nos livraram de muitas dores e ajudaram tantas, e tantas vezes. Sempre se negaram a ir pro rival, amam o Ceará Sporting Clube como torcedor com a diferença que tiveram o privilégio de por esse amor dentro de campo.

As vezes paro e fico pensando, como posso ser tão dependente de um time, ele consegue me dar um dia feliz quando tudo é ruim, e consegue me dar um dia ruim quando tudo esta indo bem. Meu humor depende do Ceará, minha rotina, minha vida, ele esta em tudo!

Maior time do estado, time da massa, tem como um dos  slogan “Tua Glória é lutar”,  nunca desiste, maior campeão estadual com 43 títulos, em seus 102 anos de história nunca participou da 3° divisão... Esse ano ainda não convenceu, foi um começo de ano complicado, eliminado do estadual e na copa do nordeste, tendo como obrigação se redimir no brasileiro e conseguir o acesso. Segue em uma boa posição, 6° com a mesma pontuação do 4° colocado.

Temos como dever o acesso para voltarmos a ser o time das grandes campanhas... Esse é um pouco, pouquinho do que sinto pelo Ceará e de sua história.


por Priscylla Lima