CLÁSSICO DOS OPOSTOS

Em momentos diferentes na competição, rivais se encaram pelo Campeonato Italiano, no San Siro, às 16h45

 

Foto: Extraída da Internet

 

 

Clássico é clássico e vice-versa, não é mesmo? Desta forma, seria mais adequado dizer que para o duelo desta quarta-feira (6) não existe favorito. Mas na prática não é bem assim...

Líder, invicto e voando na temporada, o Milan é amplo favorito para o duelo. A equipe de Pioli é a única europeia que ainda não perdeu na temporada - foram disputados 15 jogos com 11 vitórias e 4 empates, além de estar liderando o Nacional desde o início. Do outro lado está a instável Juventus que terá a difícil missão de enfrentar o líder da competição e diminuir a diferença de 10 pontos da ponta da tabela. Vale lembrar que os bianconeros tem um jogo a menos a disputar contra o Napoli.

 

JUVENTUS

 

O início de temporada da Vecchia Signora não está sendo das melhores. Dos 42 pontos disputados até aqui, a equipe só conquistou 27. Além disso, para o clássico desta quarta, Andrea Pirlo terá alguns desfalques, entre eles Morata, que está tratando de lesão na coxa. Cuadrado, que poderia retornar para  a partida, após cumprir suspensão, testou positivo para a Covid-19 e fica fora do jogo. 

Alex Sandro, que atuou contra a Udinese no último domingo (3), foi diagnosticado com coronavírus e é mais um desfalque para a Juventus. Por outro lado, Rabiot, que não atuou nos últimos três jogos, estará à disposição do treinador. 

 

O lateral brasileiro foi diagnosticado com a Covid-19. (Foto: Lance!)

 

 

A provável escalação da Juve contará com: Szczensny; Danilo, Bonucci, de Ligt, Cuadrado; McKennie, Bentancur, Ramsey, Chiesa; Dybala e Ronaldo.

 

MILAN

O técnico Pioli fará algumas mudanças na equipe para a partida. Tonali, suspenso, dará lugar a Krunic. O artilheiro do Milan, Ibrahimovic, está em fase final de tratamento de lesão e é a grande dúvida. Se Ibra não puder atuar, Rebic será o substituto.

Ibra segue como dúvida. (Foto: ANDREAS SOLARO / AFP)

 

 

O Milan deve ir a campo com: Donnarumma; Calabria, Kjaer, Romagnoli, Hernandez; Krunic, Kessié; Castillejo, Calhanoglu, Leao; Rebic.

 

IBRA X CR7 E A MISTICIDADE DO DÉRBI

 

O confronto entre as equipes é o mais antigo Dérbi italiano, sendo disputado desde 1901.  Depois de cinco anos, o Milan chega melhor à disputa do que a Juventus, que defende seu décimo título consecutivo. O empate não interessa a ninguém e pode pôr um ponto final no sonho bianconero.

O clássico é de amplo domínio da equipe de Turim, afinal, dos últimos quatorze jogos, os Rossonera venceram apenas três. Por outro lado, na última partida entre os rivais, o Milan venceu de virada por 4 a 2, com show de Ibrahimovic.

 

Foto: Extraída da Internet

 

O tempero extra do clássico é o possível embate entre dois ícones do futebol: Cristiano Ronaldo  e Ibrahimovic. O camisa 7 defende a equipe alvinegra de Turim desde setembro de 2018 e seu primeiro gol em clássico italiano foi justamente em confronto contra o Milan. Após seu retorno ao time Rossonero, Ibrahimovic marcou para o Milan em seu segundo duelo contra a Juventus. Na ocasião, o camisa 11 fez o primeiro gol que daria início a uma sequência  responsável pela virada da equipe Rossonera.

Desde sua chegada na Itália, Cristiano Ronaldo participou de sete partidas contra o Milan e marcou 4 gols. Já Ibrahimovic, em sua segunda passagem pelo Milan, participou de três clássicos contra a Juventus e marcou apenas um gol.

Por mais que haja a incerteza da participação de Ibra, não custa sonhar com este incrível duelo, que em si, já é um clássico à parte, né?


 

Por Mariana Alves e Victória Amorim

 

Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.