Classificação incontestável

Nesta quarta-feira (31), o Inter enfrentou o Nacional, pelo jogo da volta das oitavas de final da Libertadores. Soberano, o Colorado confirmou a classificação às quartas de final da competição. 

O Inter entrou em campo com a mesma escalação do jogo de ida, com: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso (Nonato), Edenilson e Patrick; D’Alessandro (Wellington Silva), Nico López (Rafael Sobis) e Guerrero.

 

(Foto: Ricardo Duarte)

 

Os colorados dominaram a partida desde o minuto inicial. E não demorou muito para o domínio se transformar em gol. Aos 16 minutos, D’Alessandro cobrou escanteio com perfeição na cabeça de Moledo, que sem marcação, só desviou para dentro do gol, e marcou o tento de número 300 do novo Beira-Rio.

Os donos da casa continuaram a comandar as ações do jogo, não dando espaço para o Nacional tentar esboçar alguma reação. Aos 33’, depois de uma troca de passes de encher os olhos, Nico mandou para o fundo do gol. Seria esse o fim da zica? Infelizmente não. A arbitragem marcou impedimento no início da jogada. 

Aos 46’, mais uma chance de Nico mandar para bem longe o jejum de gols, que já dura 19 partidas. O uruguaio recebeu de Edenilson e bateu para gol. Mas, mais uma vez, a arbitragem marcou impedimento. Não está fácil para o nosso dentuço. 

O Nacional voltou melhor na segunda etapa. O Inter controlou o adversário em seu campo e apostou em contra-ataques. Os colorados tiveram boas chances de ampliar o placar com D’Alessandro, Guerrero e Nonato, mas a pontaria não foi certeira. 

Quando tudo indicava para uma vitória simples, Rafael Sobis encontrou Guerrero, que não desperdiçou e marcou o segundo gol da noite. 

Com mais uma vitória sobre o Nacional, o Inter chega às quartas de final da Libertadores pela sexta vez em sua história. A classificação colorada foi incontestável. No jogo de ida construiu uma vantagem importantíssima e hoje dominou os 90 minutos. Uma classificação com a cara do Inter de Odair. Lembrando que o Colorado segue invicto na competição.

 

(Foto: Ricardo Duarte)

 

Tanto na Libertadores, como na Copa do Brasil e Brasileirão, o estádio Beira-Rio é o 12º jogador colorado. E na noite desta quarta-feira, 48.530 colorados estavam presentes, para bater o recorde de público do novo Beira-Rio. 

Nas quartas de final, o Inter enfrentará o vencedor entre Flamengo  e Emelec. 

O Inter volta a campo no próximo sábado (03), contra o Fluminense, às 19h, no Maracanã, pela 13ª rodada do Brasileirão. 

 

Por: Ingrid Fochezatto