Clima é de confiança total na vitória.

A delegação do River Plate chegou na noite de domingo a Porto Alegre para o confronto de volta da Libertadores contra o Grêmio. Eles foram recepcionados pelo jogador do Internacional D'alessandro e também por cerca de quinze torcedores.

 

Os argentinos perderam o primeiro dos dois jogos por 1x0 mas o clima entre os jogadores e a torcida é de pura confiança para que o resultado seja revertido.

 

Sobre o confronto o atacante Lucas Pratto disse as seguintes palavras:

 
 
  • Sabemos que é difícil, mas estamos preparados para vir aqui, dar a volta e voltar para a casa com a classificação.


O CT do Internacional foi cedido para que Marcelo Gallardo comandasse o único treino realizado antes da partida.


Por sua vez, o técnico Gallardo deu entrevista e disse que ficou surpreendido com a postura "defensiva" do Grêmio na primeira partida realizada na Argentina:

-algumas partidas não ocorrem como planejamos. Ganhou quem não quis atacar. E uma postura assim eu não esperava. Grêmio não é uma equipe que se defende e nada mais. Nunca tinha sido assim,nem nessa nem na Libertadores anterior.

 

E sobre a derrota ele disse:

- os jogadores reagiram bem,nunca duvidei da resposta imediata deles. Queriam jogar a revanche imediatamente. Isso é bom. Será uma partida interessante,um desafio importante.


Gallardo promete um time ofensivo e que vai buscar os espaços necessários para marcar os gols e conquistar a tão sonhada vaga a final.


Sendo assim,os prováveis onze em campo serão: Armani; Montiel, Maidana, Pinola e Casco;Ponzio, Fernández e Mayada; Martínez, Borré e Pratto.

 

Nesta segunda feira (29) a Conmebol aplicou uma multa de US$ 1,5 mil em Marcelo Gallardo e o mesmo não tera direito de acessar a área técnica antes, durante e nem depois da partida, acessar o vestiário, túnel, banco de reservas e nem de se comunicar com a equipe no jogo contra o Grêmio.

Os motivos não foram revelados, mas foram apontados artigos disciplinares.

Já o Club Atletico River Plate foi multado em US$ 20 mil por vários motivos, entre eles atraso da equipe e uso de sinalizadores por parte dos seus torcedores.