Com Andre Lima titular, Furacão vai ao Gigante do Itibere enfrentar o Leão da Estradinha

Hoje as 21h45, o Furacão vai até Paranaguá enfrentar o Rio Branco pelo Campeonato Paranaense.

Com 100% de aproveitamento até agora, o Furacão busca manter essa invencibilidade hoje no Gigante do Itiberê diante de um dos lanternas do campeonato.

Com um retrospecto favorável no confronto, dos 13 jogos o Furacão já venceu 8 vezes, contra 3 vitórias do Rio Branco e 2 empates, o Furacão tem tudo para trazer mais 3 pontos para casa, mas não pode vacilar.

O técnico Cristóvão Borges irá fazer uma mudança fundamental no time para essa partida, deixar Cryzan no banco e colocar André Lima para começar o jogo. Isso se deve a um péssimo desempenho que o menino Cryzan teve nos primeiros jogos do ano e o ótimo rendimento que André Lima vem tendo logo que entra em campo.

“Vamos ver a partir do próximo jogo. Nós estamos aumentando o tempo de jogo dele justamente para que ele chegue ao ideal. Mas ele também está fazendo uma adaptação não só ao nosso tipo de trabalho, mas à intensidade do nosso jogo. Mas, com toda a certeza, ele, agora, vai aumentar o tempo de jogo. Se ele vai conseguir jogar os 90, aí depende daquilo que é o jogo”, diz o comandante sobre André Lima.

Outras mudanças que podemos ter nesse jogo é um revezamento nos zagueiros Thiago Heleno e Cleberson. Mas isso só será revelado na hora do jogo, por enquanto se mantém os mesmos.

Uma das grandes preocupações do Atlético não só nesse jogo, mas para o campeonato todo, é enfrentar times fechados jogando só no contra ataque:

“É o que vamos encontrar, principalmente no Estadual. Nos jogos em que as equipes se equivalem tecnicamente isso muda um pouco. Fora isso, vamos encontrar equipes dessa maneira, fechadas, marcando duro, marcando forte. Temos de ter qualidade e competência para sair disso”, avalia Cristóvão Borges.

Foto de Gustavo Oliveira - Site Oficial Clube Atlético Paranaense

Nikão

Já está recuperado da lesão no tornozelo, liberado pelo departamento médico para treinar junto com o restante do elenco atleticano. Mas a nação Rubro Negra terá que aguarda um pouco mais para ver o jogador em campo. Sem ritmo de jogo, não foi relacionado para a viagem para Paranaguá. Vamos aguardar cenas do próximos capítulos.

Walter

Foto de Fernando Freire - Site Globo Esporte

O Camisa 18 finalmente foi oficialmente apresentado no Furacão. Ele que quase nos deixou no inicio do ano para ir pro Sport de Recife, assinou por mais duas temporadas com cláusula de perder peso como condição de jogo inclusive.

Quem diria, já na apresentação declarou que perdeu 10kg e fala que aceitou o desafio proposto pela diretoria do Atlético PR de emagrecer: 

"Eu aceitei. O que prova que eu quero. Eu não preciso provar mais nada para ninguém. Poderia ter ido para outro lugar e seguir fingindo que estava tudo bem. Mas eu quis mudar", disse o atacante.

Segundo o diretor de futebol Paulo Carneiro o projeto é que o atleta chegue aos 90 kg neste primeiro momento. "O programa está 80% do que nós queremos para ele e do que ele quer para a vida dele".

Sobre aquela polêmica envolvendo Atlético-PR e Sport, no início do ano, Walter disse que tudo ocorreu por conta das dificuldades impostas pelo Porto-POR na negociação.

"O presidente Petraglia me disse que estava difícil. Nisso o pessoal do Sport estava acertado com eles. De repente, do nada, o Petraglia me ligou e disse que resolveu, que o futuro estava nas minhas mãos. Eu falei para ele comprar a passagem para o dia seguinte que eu voltaria", revelou o atleta.

O presidente Sallim Emed complementou: "Além do que, o Walter é muito inteligente e sabe que essa foi a melhor escolha para a carreira dele. Não é apenas a estrutura física em si, mas também a forma como ele foi acolhido e como ele é querido pelo clube e pela torcida".

Nayara Bortolotti