Com arbitragem polêmica, Timão vai à BH para final antecipada.

 

A equipe do Corinthians desembarcou em Belo Horizonte, na tarde desse sábado, para a partida contra o Atlético Mineiro que acontece às 17h de domingo no estádio Independência, o famoso Horto.

A partida vem sendo encarada como uma “final antecipada”, já que marca a disputa pela primeira posição entre o líder e o vice-líder da competição. Com o Corinthians oito pontos a frente, em entrevista ao Globo Esporte, Renato Augusto preferiu não encarar como final e sim como mais uma disputa por três pontos onde a equipe alvinegra vai buscar continuidade.

Sem a presença de Elias, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o professor Tite escalou a seguinte equipe: Cássio, Edilson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Rodriguinho, Renato Augusto, Jadson e Malcom; Vagner Love.

O jogo contra o Atlético será decisivo. Em caso de vitória, o Corinthians abre 11 pontos de vantagens com 15 a serem disputados, podendo se tornar matematicamente campeão já na rodada seguinte contra o Coritiba em casa.

Outro ponto bem questionado a respeito do duelo é a arbitragem. Após a divulgação do nome do arbitro da partida, Heber Roberto Lopes, muito se questionou sobre um possível favorecimento ao Atlético Mineiro. Desde 2010 o Corinthians não vence se quer uma partida com Heber no apito. A ultima foi contra o Palmeiras em 24 de outubro do mesmo ano. Em uma partida contra o Grêmio pelo Brasileirão do ano passado (mais uma derrota com o mesmo árbitro), o técnico do Timão na época, Mano Menezes, questionou esse jejum. A questão preocupa ainda mais quando lembramos que na final do Campeonato Mineiro de 2015, o Atlético Mineiro fez o gol do título sobre o Cruzeiro após Heber não marcar uma falta do zagueiro Edcarlos sobre Leandro Damião.

A equipe de arbitragem conta ainda com Kléber Lucio Gil, de Santa Catarina e Fabricio Vilarinho da Silva, de Goiás.

Apesar da dificuldade já conhecida por todas as equipes que jogam contra o Galo no Horto, o Timão vai para cima com todas as suas forças em busca da vitória. Faltam poucas rodadas e a equipe está cada vez mais perto do tão sonhado título.

Que seja um jogo bonito e acima de tudo, limpo e protagonizado por belos lances e não por erros de arbitragem.

Faltam seis! Que venha o Hexa!

Vai Corinthians

Por: Victória Monteiro