COM CASA CHEIA, TRICOLOR CONTA COM APOIO DA TORCIDA PARA VENCER A MACACA!

O São Paulo recebe a Ponte Preta neste sábado (22) ás 17h00 (de Brasília), pela 32ª rodada do campeonato brasileiro no Morumbi, que com certeza estará lotado, já que até esta sexta-feira (21), 34 mil ingressos já haviam sido vendidos.

Com 39 pontos e em 12ª lugar, o time paulista vai contar com o apoio da torcida para se afastar de vez do Z-4.

(Foto: Lance!)

Como de costume, Ricardo Gomes fechou os últimos treinos e não divulgou os titulares para o confronto. Sem Lugano e Maicon, ambos fora por receber o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Fluminense (1x2), o treinador terá dificuldade para montar o setor defensivo e encontrar um parceiro para Rodrigo Caio. A vaga está entre Douglas, que chegou ao Tricolor em julho, mas por conta de uma lesão em dezembro de 2015 ainda não fez sua estreia e Lyanco, jovem de 19 anos que vem sendo utilizado com frequência e já está recuperado de uma lesão na coxa esquerda sofrida a cerca de 1 mês, o camisa 19 está 4 partidas sem jogar, mas é o favorito.  

Foto: ESPN

Quem também tomou o terceiro amarelo e está fora é Buffarini, Wesley provavelmente será improvisado na lateral direita, Auro que briga pela posição deve ficar no banco de reservas.

Outra batalha por posição também acontece no lado ofensivo, David Neres que fez uma excelente estreia na última partida e já é queridinho da torcida luta para entrar no lugar de Robson que foi titular contra o Peixe e o Flu.

Quem NÃO joga!

Além de Maicon, Lugano e Buffarini que irão cumprir suspensão, o time do Morumbi também não poderá contar com Carlinhos, Hudson, Breno, Ytalo e Lucas Fernandes, todos machucados.

E quem joga?

Ricardo Gomes só responde está pergunta minutos antes de o time entrar no gramado, mas, uma provável escalação fica com Denis; Wesley, Lyanco (Douglas), Rodrigo Caio e Mena; Thiago Mendes, João Schmidt, Kelvin, Cueva e Robson (David Neres); Chavez.

E a macaca?

A Ponte vem de duas vitorias consecutivas (Vitoria e Santa Cruz) e não teme mais o rebaixamento, já que chegou aos 45 pontos que são tidos como a pontuação de segurança para não cair para a série B do brasileirão. A equipe fez um treino parcialmente fechado no majestoso na manhã desta sexta-feira e definiu o time que vai a campo no sábado. Porém, como Ricardo Gomes não revelou sua escalação, o técnico Eduardo Baptista decidiu fazer o mesmo.

“A equipe está definida. Não vou dar pistas para o treinador adversário, mas trabalhamos alguns pontos importantes do São Paulo. Não há dúvida no nosso vestiário, já treinamos a equipe, só não vamos divulgar, o Ricardo também não divulgou a dele”.

O técnico revelou que como já era esperado Ricardo Ferreira volta ao time titular após cumprir suspensão. Pottker que foi liberado pelo STJD não deve aparecer entre os titulares e única dúvida está no meio-campo, Wendel e Galhardo disputam uma vaga.

(Foto: Globo Esporte)

Os titulares da partida provavelmente serão Aranha, Nino Paraíba, Antônio Carlos, Douglas Grolli e Reinaldo; João Vitor, Wendel (Galhardo) e Maycon; Rhayner, Clayson e Roger.

A arbitragem

Para apitar o jogo o selecionado foi o pernambucano Marcelo de Lima Henrique e para auxiliá-lo os seus conterrâneos Clóvis Amaral da Silva e Cléberson do Nascimento Leite

A vantagem é tricolor!

Em jogos pelo brasileirão no Morumbi o São Paulo só caiu diante da Ponte uma única vez em 2003. No total foram 13 confrontos pela competição no estádio tricolor e os donos da casa venceram 11 vezes e empataram somente 1.

No geral, o Soberano já enfrentou a Macaca 139 vezes, ganhou 72, empatou 42 e perdeu 25. Uma ampla vantagem. Porém, na ultima vez em que esse encontro aconteceu, foram os pontepretanos que levaram a melhor, 1x0 em Campinas.

O jogo será difícil, ambas as equipes ainda lutam por seus objetivos, a Ponte está em 10ª lugar à 3 pontos do G-6 e precisa ganhar para tentar chegar a zona da Libertadores, então irá lutar até o fim por essa partida.

A equipe do Morumbi então lutará mais ainda, já que o fantasma do rebaixamento ainda não se afastou totalmente. O tricolor precisa chegar aos 45 pontos e ganhando da Ponte Preta ficaria a uma vitória da sua meta. A partida promete, será um jogão!


#TimeGrandeNãoCai

Jéssica Nogueira Gonçalves.