Com dificuldades, Tricolorzinho avança na Copinha!

O São Paulo Sub-20, como todos sabem, se manteve na briga pelo tetracampeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016.

Não foi fácil, mas nesse domingo (10), às 18:30h (horário de Brasília), na Arena Barueri, a equipe conseguiu passar à 3ª fase da competição, após consolidar o resultado nos pênaltis, no jogo contra o forte Taboão da Serra – SP. Foram 5 chutes cobrados e convertidos com categoria, que deram ao Tricolor a chance de continuar em busca da realização do sonho de muitos: o 4º título da Copinha.

E pra quem pensou que seria fácil, foi mesmo bem difícil!

Um jogo que tinha tudo pra ser como tantos pensaram que seria, tomou rumos que a torcida tricolor cansou de ver em 2015, com a equipe principal. E com isso, haja coração pra aguentar tanta pressão! É preciso admitir que o São Paulo jogou mal, e ainda por cima, precisou forçar a retranca formada pela equipe adversária, que aproveitou para abrir o placar numa cabeçada no meio do gol, após cobrança de escanteio.

Jardine teve trabalho para escalar a molecada, e durante o jogo, mudou de esquema tático duas vezes, sem sucesso. Com a ausência de Banguelê (contusão), e com David Neres no banco (problemas físicos), foi difícil para o técnico fazer suas escolhas. Com isso, o Taboão da Serra se manteve confiante, e passou a fazer investidas, mesmo estando na retranca.

Fonte: https://pbs.twimg.com

O São Paulo empatou com Kal, mas novamente o adversário ficou à frente no placar, e ainda mais fechado, sem chances para o ataque tricolor. Mas mesmo com um jogo feio, com um São Paulo sem inspiração, longe daquela equipe vista nos jogos da fase de grupos, os jogadores buscavam uma chance, que se transformou em gol logo no início da segunda etapa. Ela veio com David Neres, que mesmo com problemas físicos, entrou em campo e marcou o seu!

Um 2 a 2 no placar, e decisão nos pênaltis, cobrados com bastante eficiência pela equipe tricolor, que se manteve viva, e jogará na quinta-feira (14) às 19h (horário de Brasília), contra o Figueirense, na Arena Barueri, pela 3ª fase da competição.

Que essa molecada entre em campo ciente que não existe jogo ou adversário fácil, e que agora cada disputa será uma final, valendo o tão sonhado título!

 

Por Renata Chagas