Com dois de Kardec e golaço do jovem Lyanco, Tricolor vence o lanterna América-MG.

 

 

Com apenas três titulares o São Paulo de Bauza entrou em campo no Morumbi neste domingo (10) ás 16h00 (BSB), para disputar o 14ª jogo do campeonato brasileiro de 2016, o atacante Alan Kardec que há tempos não conseguia se firmar e era questionado por parte da torcida e da impressa marcou dois gols, o jovem zagueiro Lyanco também marcou o seu. O São Paulo conquistou 3 pontos e subiu para 7 colocação com 21 pontos está a dois do G-4.

 

 

Autores dos gols da partida, Lyanco e Alan Kardec, garantiram a vitória do Tricolor.

Foto: Ale Vianna  Agência Eleven  Gazetapress

 

Logo no início do primeiro tempo o tricolor mostrou que dificultaria a vida do América-MG que com apenas 8 pontos no campeonato é o ultimo colocado e a cada rodada se complica um pouco mais na luta contra o rebaixamento. Nos primeiros minutos de jogo Hudson, Luiz Araújo duas vezes e Maicon em cobrança de falta arriscaram de longe e levaram perigo ao gol do coelho, mas foi aos 33’ que o gol saiu da cabeça do atacante Alan Kardec, após cruzamento fechado de Centurión o camisa 14 subiu mais que todo mundo e abriu o placar, o América até tentava reagir mais a zaga formada por Lyanco e Maicon trabalhava muito bem e não deixava a bola chegar no goleiro Denis.

E aos 42’ o garoto Lyanco de 19 anos recém-recrutado ao time profissional do São Paulo, fez uma linda jogada, o camisa 19 carregou do campo de defesa com muita agilidade e velocidade, chegou a área, limpou todos os adversários e bateu firme de perna direita, para fazer o primeiro gol com a camisa tricolor e na comemoração o jogador não se conteve e foi as lagrimas.

 

Cria de Cotia Lyanco tem tudo para brilhar com a camisa do SPFC. Foto: Sérgio Barzaghi Gazeta Press

 

Lyanco precisa ser observado de perto, o garoto além de ser bom zagueiro tem identidade, não se esconde, não cansa de dizer o quanto tem aprendido com Lugano e com Maicon que por sinal elogiou o camisa 19: “É um jogador bastante forte, principalmente nos duelos de contato. Tem muito para crescer ainda e tenho certeza que a cada dia vai crescer mais e mais”.  

 

O tricolor voltou mais tranquilo para o segundo tempo, precisou de apenas 14’ para Luiz Araújo carregar a bola até a linha de fundo e cruzar rasteiro para o Alan Kardec chutar de bico e fechar a conta 3x0 para os donos da casa.  

Luiz é mais um jovem de Cotia que merece destaque, não só pela ótima atuação nesta partida, mais por toda trabalho que vem apresentado desde que foi promovido ao time principal.

 

Eu Acredito

 

A vitória nesta partida foi importante para seguir lutando no campeonato brasileiro, das 38 rodadas já se foram 14, mais ainda restam 72 pontos em disputa, muito mais da metade do campeonato e tudo pode acontecer.  

Até a próxima quarta-feira (13) o foco é total na Copa Libertadores da América, a missão em Medellín será muito difícil, o placar precisa ser igual o deste domingo, o problema é que não da nem para comparar o América de Minas ultimo colocado do brasileirão com o Nacional da Colômbia que veio a São Paulo e venceu o Soberano, mais assim como o recado que os poucos mais de 8 mil torcedores deixaram no Morumbi ontem eu vos deixo: EU ACREDITO!

 

 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 3 X 0 AMÉRICA-MG

 

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)

Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araújo Neves (PA)

Cartões amarelos: Carlinhos (SAO), Leandro Guerreiro, Osman, Ernandes e Victor Rangel (AME)

Público e renda: 8.198 / R$ 234.356,00

Gols: Alan Kardec 33' 1ºT (1-0); Lyanco 42' 1ºT (2-0); Alan Kardec 14' 2ºT (3-0)

 

SÃO PAULO: Denis; Auro, Maicon (Rodrigo Caio 30' 2ºT), Lyanco e Carlinhos; Hudson (Artur 12' 2ºT), Wesley e Luiz Araújo; Cueva, Centurión (Ytalo 21' 2ºT) e Alan Kardec. Técnico: Edgardo Bauza

 

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Pablo, Roger, Leandro Guerreiro e Bruno Teles; Juninho, Gilson (Alan Mineiro - intervalo), Ernandes (Victor Rangel - intervalo), Tony (Danilo Barcelos 6' 2ºT) e Osman; Borges. Técnico: Sérgio Vieira


por: Jéssica Nogueira Gonçalves.