Com erro de arbitragem a Ponte é derrotada pelo Figueirense no estádio Moisés Lucareli.

A Ponte Preta, entrou em campo nesta quarta-feira (18), contra o Figueirense, buscando se aproximar do G4, mas numa partida polêmica, saiu prejudicada de campo e viu o sonho se distanciar.

Com gol de Clayson após pênalti marcado irregularmente, o time do figueirense jogou o restante do jogo todo na defensiva, não permitindo a chegada da macaca no campo de ataque.

Em um jogo com direito a 8 cartões amarelos, sendo quatro para cada lado, não sobrou reclamação no final para o lance irregular, apontado pelo bandeirinha da partida que acabou decidindo a favor do time catarinense.

 

“Cadê o critério? É só para um lado. Estamos sofrendo com isso (falta de critério) desde o início do Brasileirão. Sabíamos que seria difícil, se ficasse para decidir (a permanência na elite) no fim, iriam nos derrubar, porque iam vir com aquela história que a Ponte não dá renda...ainda bem que já livramos antes “

-afirmou o atacante Biro Biro.

Biro Biro, foi um dos melhores jogadores da Ponte em campo 

 

Foto: Fábio Leon

A Ponte Preta segue na nona colocação com 50 pontos, já o Figueirense encerra uma sequência de 4 jogos sem vitória e fica na décima quinta posição na tabela.

Na próxima rodada a Macaca enfrenta o Flamengo no estádio Mané Garrincha em Brasília, partida válida pela 36ª rodada do campeonato brasileiro 

 

Thata Bajano