Com forte neblina Juventude empata em casa com o Glória

 

 

(Foto: Juventude Oficial)

 

A torcida estava muito confiante, mas a vitória não veio desta vez. Juventude e Glória se enfrentaram no ultimo domingo (20), no Alfredo Jaconi, um jogo de muitos gols e nenhum vencedor, garantiu ao Verdão apenas continuar na parte de cima da tabela, agora na terceira posição com 21 pontos, já o Gloria caiu de posição e agora ocupa o décimo primeiro lugar com 10 pontos.

No primeiro tempo foi o Juventude quem se mostrou melhor em campo e teve as melhores oportunidades, e logo aos 4 minutos, na primeira chegada ao ataque, Sassá desceu pela direita e cruzou. A bola cruzou a extensão da pequena área e chegou até Wallacer, que completou no alto. A bola bateu no travessão e morreu na rede, abrindo o placar a favor do verdão. A torcida ainda comemorava o gol, quando Danilo Mendes completou escanteio de cabeça e empatou a partida, apenas 2 minutos após o primeiro gol. Aos 12 minutos, Dieguinho avançou pela direita e cruzou a meia altura para Sassá, que cabeceou na trave, em grande oportunidade. Aos 40 minutos, Helder pegou rebote na intermediária e chutou firme, no alto, para defesa difícil do goleiro. Na cobrança do escanteio, Klaus desviou e Dieguinho se esticou todo para recolocar o Juventude a frente no placar.

No segundo tempo a forte neblina típica da serra gaucha insistiu em continuar mas os dois times seguiram buscando manter o ritmo de jogo logo aos dois minutos, Sassá aproveitou rebote na pequena área e, desequilibrado, chutou para fora. Aos 9 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Glória, em saída de Elias. Na cobrança, Germano bateu e Elias fez a defesa. O Glória chegou ao empate aos 18 minutos. Vinícius Chimbica cabeceou, Elias fez novamente a defesa, mas no rebote, o atacante conseguiu marcar o gol do empate. Aos 29 minutos, o Glória aproveitou uma bola recuperada na intermediária, avançou, e fez o terceiro gol com Vinícius Chimbica em chute de fora da área. Após tomar a virada, o Juventude abriu ainda mais o jogo e foi em busca do empate. Aos 38, Vinícius Chimbica foi expulso, após tomar o segundo cartão amarelo. Rondando a área adversária por diversas vezes, o Verdão chegou ao empate nos acréscimos, aos 48 minutos, após mais um rebote, Neguete dominou na entrada da área e soltou uma bomba no ângulo, já sob densa neblina no Jaconi.

A neblina forte fez com que muitos torcedores nem vissem o gol, assim como muitos dos lances do segundo tempo e puderam se contentar com um empate no final. O Juventude segue em terceiro lugar, mas poderia muito bem ter conquistado essa vitória em casa e estar na liderança isolada do Campeonato Gaucho.

 

Escalação

JUVENTUDE

Elias, Helder, Klaus, Heverton   (Neguete), Pará, Vacaria, Itaqui, Dieguinho, Wallacer, Sassá   , Hugo (Kayron)    

Técnico: Antônio Carlos Zago

GLÓRIA

Rafael Roballo, John Lennon, Danilo Mendes, Alisson, Márcio Goiano, Elyeser, Germano, Cleiton, Leandro (Vinícius Chimbica) , Éder, Baré

Técnico: Rodrigo Bandeira

 

ARBITRAGEM

Árbitro: Vinícius Amaral

Auxiliares: Carlos Henrique Selbach e Alduino Mocelin

 

por Fernanda Andreazza