Com gol de Leandro Domingues, Lusa vence o Rio Claro e sai do Z6

https://portuguesa.com.br/site/wp-content/uploads/2017/03/lusaxrioclaro2017a2.jpg

(Foto: Divulgação/Portuguesa)

A frase que definiu a vitória lusitana na noite da última segunda-feira (20) foi “até que enfim”. Com a estreia de Leandro Domingues e Amaral, a rubro-verde bateu o até então último clube invicto da A-2, Rio Claro, pelo placar de 2 a 1, no estádio do Canindé.

As mudanças feitas por Estevam Soares deram outra cara ao time, que agora soma 13 pontos na competição e ocupa o 11º lugar. Com mais velocidade, a Portuguesa começou a partida com mais vontade, mas logo sofreu o gol dos visitantes. Aos 4 minutos, o atacante cobrou escanteio e o goleador Daniel Bueno abriu o placar.

Um fato inédito aconteceu no Canindé. A Lusa pela primeira vez conseguiu reagir depois de tomar o gol e aos 8 minutos, o veterano Leandro Domingues foi derrubado na área e o juiz marcou pênalti. Bruno Silva bateu forte e deixou tudo igual.

A experiência de Leandro deu mais confiança ao elenco, que conseguiu criar chances claras de gol. Com toque de Mateo Bustos, Leandro aumentou a vantagem diante do Rio Claro e marcou o segundo gol lusitano.

Alívio e felicidade da torcida na arquibancada. O segundo tempo foi mais disputado e o Rio Claro conseguiu criar algumas jogadas perigosas. A principal delas aconteceu aos 34 minutos, quando Danilo Lopes chutou forte e Berna fez uma bela defesa.

A tensão permaneceu até o último minuto de jogo. Afinal, não existe vitória da Lusa sem a famosa ‘sofrência’. Com o resultado positivo, a Portuguesa respira aliviada e segue para o próximo confronto diante do Juventus, na quinta-feira (23), às 15h, no estádio Conde Rodolfo Crespi.

Os jogadores Thiago Feltri e Éverton não irão à Javari, já que cumprirão suspensão.

FICHA TÉCNICA:

11ª rodada da série A-2 do Campeonato Paulista

Portuguesa 2 x 1 Rio Claro

 

Data: 21/03/2017.

Horário: 20h.

Local: estádio do Canindé.

Público: 843 pagantes.

Gols: Portuguesa: Bruno Silva 9' 1T, Leandro Domingues 26' 1T.
Rio Claro: Daniel Bueno 4' 1T.

Portuguesa:
Ricardo Berna; Amaral (Bruno Santos), Vinícius Gouveia, Everton e Thiago Feltri; Dinho, Sandro Silva (Basualdo), Luizinho e Mateo Bustos (Rico); Leandro Domingues e Bruno Silva.
Técnico: Estevam Soares.

 

Rio Claro:
Paulo Vitor; Hudson (Guilherme), Odair, Walter e Matheus; Alê, Acleisson (Franco), Fernando (Danilo Lopes) e Francismar; Daiel Bueno e Fernandinho.

Técnico: Sérgio Guedes.

 

 De rubro-verde para rubro-verde, Thaís Santos.