COM QUEM A GENTE FALA PARA MANDAR ALAN DIAS EMBORA?

Santa Cruz e ABC duelaram ontem (03), pelo jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil, no Frasqueirão

Num jogo que vale 1,9 milhão qualquer erro de passe pode pesar, agora imagine o camarada perder um gol feito? Feito, feito! Só bastava colocar o pé, goleiro no chão, zagueiro atrás, sem chance de alcance, bola na medida para somente escorar... E Allan Dias faz o inacreditável: perdeu! O tricolor que não foi dormir pensando nesse lance, ou não assistiu ao jogo ou teve pesadelo com ele.

ABC e Santa Cruz fizeram um jogo equilibrado na visão do treinador — Foto: Andrei Torres/ABC FC

(Foto: Andrei Torres / ABC FC)


Falando superficialmente do jogo, o Santa não ameaçou muito no primeiro tempo, trabalhou mais preventivamente, mantendo uma postura até muito defensiva para uma partida tão valiosa. O ABC chegou mais, mas ainda bem que não tinha muita precisão nas definições. Anderson trabalhou mais do que Edson (goleiro adversário), mas foram defesas fáceis.

Augusto ainda perdeu uma chance que até o goleiro teria feito. Recebeu a bola e caiu SOZINHO, parecia o vento tinha dado um carrinho nele.

Na etapa complementar chegamos mais. O time parecia, enfim, ter entendido a necessidade de abrir vantagem.  Tivemos um bate e rebate na área alvinegra, Allan Dias recebeu, mas sem confiança, ajeitou demais e acabou dando o passe para Luiz Felipe, que em posição menos favorável até arriscou, mas passou longe.

Resultado de imagem para santa cruz x abc fotos

(Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz FC)


Alan Dias estava realmente num dia complicado. Não conseguia acertar os passes, perdia a bola com uma facilidade ridícula e aquela lentidão de sempre para chegar nos lances. Quando ele finalmente conseguiu balançar a rede adversária, o árbitro marcou falta de ataque e anulou.

O ABC sentiu e começou a trabalhar mais nos contra-ataques, dando trabalho para Anderson, que precisou fazer defesas difíceis, evitando um placar maior. Mas com tanta bola na área, uma hora ia acabar entrando.

Aos 35 min, Wanderson chuta no cantinho, Anderson até chega, mas não toca a bola, que bate na trave e volta para Rodrigo Rodrigues que, diferentemente do camisa 10 tricolor, não desperdiçou e chutou para o gol.

Poucos lances importantes depois do gol. E a partida encerrou com a magra vantagem do empate para o time potiguar. Mas em casa a gente conversa!

O Santa Cruz volta a campo já no próximo sábado (06), às 20h, para decisão das quartas de final da Copa do Nordeste, contra o CRB. É jogo único, em casa! Vamos fazer valer o mando de campo e avançar em busca da orelhuda.

EU ACREDITO NO SANTA CRUZ!

Três cores, dois nomes, uma paixão: Santa Cruz!

Por Mara Lima