Com reestreia do Profeta, uma virada espetacular!

 

 

Parecia impossível, até os 41 minutos do segundo tempo o jogo estava a favor dos donos da casa, mas futebol é imprevisível né? E o São Paulo o time da fé, fez o que ninguém esperava: virou o placar.

Uma virada inacreditável por 4x3 pro TRICOLOR PAULISTA! Neste sábado (29) a vitória veio e não foi dentro de casa, foi no Engenhão! AGORA VAI.

 

O JOGO

 

O jogo começou, não só eu mas a nação são-paulino estava a rezar por essa vitória, para finalmente sairmos da zona de rebaixamento!

Como já era de se esperar entramos com tudo e logo Cueva aos 17’ minutos abriu o placar, meu Deus eu já estava imaginando uma goleada, mas a zika rondou de novo no contra ataque do Fogão. Quando Pimpão aproveitou a falha de Bruno, cruzou para Marcos Vinicius que bateu cruzado 1x1, nada que estava ruim não podia piorar.

O Botafogo se empolgou, Marcos Vinicius chutou de fora da área a bola quitou enganando Renan Ribeiro e lá estava 2x1 para os donos da casa.

Que agonia, eu já estava pensando o que Dorival iria fazer, e o segundo tempo começou com a equipe ofensiva. Era só rezar para os gols virem.

O São Paulo teve um pênalti para bater e lá foi Cueva que ERROU, e não perdendo tempo, o Botafogo puxou contra ataque e adivinha? GOL! 3x1

Faltavam sete minutos para o fim do jogo, todos falando que era impossível (só rindo) e começou…

Marcos Guilherme que entrou no segundo tempo fez o segundo 3x2, O PROFETA MARCOU O DELE 3x3 eu já estava rezando para todos os Deuses que eu conheço para a virada vir e deu certo!

Logo em seguida Marcos Guilherme e o nome dele fez o quarto 4x3! OSO OSO DE VIRADA É MAIS GOSTOSO!

 

 

 

O típico salto mortal que ele sempre faz nas comemorações dos gols (Foto: André Durão)

 

ALÍVIO E FELICIDADE

 

Essa vitória caiu como uma luva, estávamos precisando disso para sentir que o azar foi embora, há muitos meses eu não via esse São Paulo.

O alívio de dormir fora da zona do rebaixamento, a estreia perfeita de Hernanes e Marcos Guilherme, Cueva que a muito tempo não fazia uma partida assim. Meu Deus será que é muito cedo para se iludir? Aos rivais meus pêsames pois vocês não irão ver meu TRICOLOR tão cedo na série B!

 

 

 

Fonte: Globo Esporte


 

NEM TUDO FOI FESTA

 

A vitória veio, mas infelizmente neste sábado (29) ocorreu uma tragédia. O filho mais novo do técnico Abel Braga, veio a falecer, notícias dizem que ele caiu do prédio onde eles moravam. VENHO AQUI POR MEIO DESTE TEXTO DEIXAR MEUS PÊSAMES E MEUS SENTIMENTOS PARA A FAMÍLIA, AMIGOS E AFINS.

 

Em respeito a família antes do jogo foi feito um minuto de silêncio.

 

A tristeza de perder um filho deve ser inexplicável então mais uma vez digo pela nação TRICOLOR, meus pêsames ABEL BRAGA.

 

 

Foto: Esporte UOL


 

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 x 4 SÃO PAULO

 

Data: 29 de julho de 2017, sábado

 

Horário: 16h (De Brasília)

 

Competição: Campeonato Brasileiro (17ª rodada)

 

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

 

Público: 14.016 (pagante)

 

Renda: R$ 528.120,00

 

Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

 

Auxiliares: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)

 

Cartão amarelo: Petros ( São Paulo )

 

Gols: Cueva, aos 17; Marcos Vinícius, aos 19 e aos 25 minutos do primeiro tempo; Guilherme, aos 23, e Marcos Guilherme, aos 39 e aos 46, e Hernanes, aos 41 minutos do segundo tempo.

 

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabelo e Victor Luis (Victor Lindenberg); Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, João Paulo e Marcos Vinícius (Guilherme); Rodrigo Pimpão e Roger (Brenner). Técnico: Jair Ventura

 

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei e Petros (Marcos Guilherme); Marcinho (Wellington Nem), Hernanes e Cueva; Lucas Pratto (Gilberto). Técnico: Dorival Júnior.



 

Por: Bia Souza- VAMOS SÃO PAULO INVADE O GRAMADO CONTAGIA