Com time reserva, Galo entra á campo contra o Boa para defender a liderança do Mineiro.

 

Imagem: Futebol Interior

Neste domingo, Atlético-MG entra à campo no Estádio Independência contra o Boa Esporte, diante de sua torcida e defendendo a liderança do Estadual. Os titulares que jogaram na quarta-feira pela Copa Libertadores descansam, os reservas entram em campo novamente em busca da vitória para garantir a Liderança mais uma rodada, alguns titulares ainda mostram vontade de seguir atuando. O equatoriano Erazo é um deles. O jogador é único que atuou nas últimas duas partidas do Galo na temporada e, apesar do desgaste físico, quer entrar no jogo e se diz pronto pra enfrentar o time do triângulo mineiro.

Diante de tantos desfalques, a torcida fica na expectativa pela estreia de Robinho, ele que não participou do jogo na Copa Libertadores e ficou em Belo Horizonte melhorando seu condicionamento físico. Apesar de estar algum tempo sem jogar, está em ótima forma e pode sim estrear e ser a maior atração do jogo desse domingo, deixando os torcedores atleticanos extasiados.

Além de Robinho, a esperança de toda a comissão técnica e torcedores é que a situação do meia Cazares se resolva logo e ele possa por fim jogar uma partida  oficial com a camisa alvinegra. Quem pode voltar também é  Dátolo que se recuperou de uma lesão muscular e pode sim jogar domingo.

Com três pontos, quatro a menos que o Galo, o Boa Esporte está em nono no Estadual e busca a recuperação na competição, após perder, na última rodada, para a URT, com um gol sofrido nos acréscimos. Ainda assim, Nedo Xavier repetirá a mesma escalação e contará com um novo reforço no banco, o Roberto Jacaré velho conhecido do futebol mineiro.

 

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG X BOA ESPORTE

Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 21 de fevereiro de 2016 (domingo)

Horário: 17h (de Brasília)

Árbitro: Jerferson Antônio da Costa

Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Marconi Herbert Vieira

Atlético-MG: Giovanni; Carlos César, Tiago, Edcarlos e Mansur; Gabriel (Cazares), Eduardo, Lucas Cândido e Dodô (Dátolo); Henrique (Robinho) e Pablo

Técnico: Diego Aguirre

Boa Esporte: Glaycon; Nininho, Bruno Felipe, Wallace e Rafael Vítor; Régis Potiguar, Gabriel, Léo Baiano, Leonardo; Romário  e Thaciano

Técnico: Nedo Xavier.

 

Eduarda Moreira