Com um jogador a mais em campo, Bahia empata dentro de casa com Botafogo e se complica no Brasileirão

(Foto: Instagram Esporte Interativo)

 

Na tarde deste domingo (10), Bahia recebeu o Botafogo, na Arena Fonte Nova e empatou pelo placar de 3 a 3. Jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão e o tricolor encontra-se na 18ª colocação, com apenas 9 pontos.

 

O jogo!

O tricolor baiano começou a partida mais ofensivo, pressionando o Fogão, mas foi o time visitante que abriu o placar aos 11’, após cruzamento de Marcinho, o zagueiro Tiago caiu de peixinho, a bola passou livre para Lindoso, que tocou para Kieza finalizar a jogada. O ex-tricolor comemorou com os parceiros, sem muita exaltação. Bahia continuou indo para cima, porém Jefferson executou defesas incríveis, salvando o empate. Já nos acréscimos, Aguirre puxou Lucas Fonseca dentro da pequena área, como já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso. Régis cobrou e empatou para o Esquadrão.

 

(Foto: Felipe Oliveira | ECBahia)

 

Logo no início do segundo tempo, Léo Valencia cruzou pela direita e Kieza, mais uma vez, mandou para os fundos das redes, sem chances para o goleiro Douglas.

O Tricolor foi para cima, mas não conseguia dominar jogadas precisas, errava passes, parecia que eles que estavam com menos um, ao invés do Botafogo. No momento que o Tricolor estava bem morno, Gregore quase empatou, mas caiu nas mãos do Jefferson. Mas aos 27’, Élber cruzou pela direita e Vinícius, de primeira, meteu para o fundo das redes. Depois disso, o mandante teve várias oportunidades, porém sem muito perigo. Após uma bela cobrança de falta de Léo Valencia, mais uma vez o fogão sai na frente. Torcida revoltada, jogadores desmotivados, o Bahia surpreendeu, e logo com quem? Allione, pense! Nino cruzou pela direita e Allione finalizou com uma cabeçada certeira. E assim, finalizou a partida.

 

Análise técnica

Após o término da partida, o técnico interino Cláudio Prates concedeu entrevista e falou sobre atuação do Esquadrão em casa e assumiu que a fase não está boa, mas acredita que os jogadores têm potencial para mudar essa imagem do tricolor na tabela do brasileirão.

 

(Foto: Felipe Oliveira | ECBahia)

 

“A fase não está boa, não há como negar. Mas no jogo anterior, não merecíamos perder. O que ressalvo, de positivo neste momento, é que a gente lutou até o final e conseguiu o empate. Não há como negar o mau momento, mas esses jogadores se doam em campo, foram guerreiros... Temos muitas coisas para acreditar e a certeza que os jogadores que podem render muito mais vão chegar a esse nível que todos nós esperamos. É hora de falar pouco e trabalhar muito. Infelizmente para a torcida é horrível, para vocês da imprensa também não podem analisar sem levar em conta o placar. Mas a gente está evoluindo e vamos sair dessa zona que tanto está nos incomodando”.

 

Próximo desafio

O próximo desafio do tricolor baiano será na quarta-feira (13), às 21h45, contra o Corinthians. Última partida antes do intervalo para a copa.

 

Vamos avante, Esquadrão!!

Por Thamires Barbosa