Com vantagem, Sport enfrenta o Danúbio pela Sul-Americana

 

 

Na noite desta quinta-feira (11), Sport e Danúbio-URU se enfrentam pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana 2017. O jogo acontecerá no mítico Estádio Centenário, em Montevidéu, às 21h45. A arbitragem da partida ficará por conta de Eduardo Gamboa, com assistência de Raul Orellana e Edson Cisternas, todos do Chile.  

 

 

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

 

 

Após vencer o jogo de ida por 3 a 0, na Ilha do Retiro, o Leão pode perder até por dois gols de diferença, que ainda assim, avança de fase. Enquanto isso, o La Franja precisa vencer a partida por um placar elástico com quatro gols de diferença para reverter a vantagem rubro-negra. Caso o placar do primeiro jogo se repita, a decisão será levada para os pênaltis.

 

 

Danúbio vai em busca de um placar inédito  

 

A última vez que a equipe uruguaia conseguiu vencer uma partida por 4 a 0 foi em novembro de 2015, onde levou a melhor sobre o Liverpool de Montevidéu. Na tentativa de repetir o feito, o técnico Gáston Machado colocará em campo o que há de melhor em seu elenco.   

 

Sem nenhum desfalque, a equipe deve entrar em campo com Ichazo; Augustin Penã, Malrechauffe; Leandro Fernández e Lucas Olaza; Ignacio González, Gonzalo González, Zarfino e Diego Silvestre; Arroyo e Jonathan dos Santos.  

 

Os uruguaios estão confiando na força de sua torcida e na boa sequência da equipe no campeonato nacional para tentar reverter o placar. Desde o jogo de ida contra o Sport, o Danúbio entrou em campo cinco vezes. Foram duas vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Porém, a equipe ocupa a 11º posição em um torneio entre 16 times.  

 

 

Sport almeja a primeira vitória no exterior na competição  

 

Desde 2013, quando o Leão começou a disputar a Sul-Americana, a equipe ainda não venceu fora do país. Foram cinco derrotas e um empate como visitante. Para quebrar o tabu, a equipe apostará na sua base.   

 

Sem poder contar com Diego Souza, que se recupera de uma lesão na coxa, Ronaldo Alves, Marquinhos e Leandro Pereira, por lesão,  Samuel Xavier, Rithely e Juninho por desgaste, o treinador rubro-negro precisará fazer alterações na equipe considerada titular.

 

No último treino em Recife, Ney Franco explicou as dúvidas que possui quanto a escalação:

 

 

“Tenho dúvida no setor do meio de campo para definir se a gente vai trabalhar com dois atacantes abertos ou um centralizado. Fiz a primeira parte com Everton trabalhando mais centralizado e uma segunda parte tirando o Everton, para a entrada de Lenis ou Fábio. A dúvida maior é essa."  

 

 

Sendo assim, a possível formação do Sport em campo terá Magrão; Raul Prata, Matheus Ferraz, Durval e Mena; Ronaldo, Rodrigo, Fabrício e Everton Felipe (Fábio); Rogério e André.

 

Quatro atletas farão sua estreia fora do país pelo time profissional. São eles: os volantes Fabricio e Ronaldo, o meia Everton Felipe e o lateral-esquerdo Evandro.

 

 

Beatriz Cunha