COMEÇOU TUDO DE NOVO

 

Na tarde ensolarada do último sábado (13), voltamos a jogar a série B depois de um ano de férias e não saímos do zero a zero. Na ocasião o alvinegro recebeu o Paraná e se apresentou para pouco mais de 3 mil pessoas deixando de conquistar 3 pontos.

 

Foto: Andrei Torres/ABC FC

 

Com mudança apenas nas laterais (Bocão na lateral direita e Eltinho na lateral esquerda) o time entrou em campo praticamente o mesmo do estadual. Geninho já havia alertado que é necessário paciência da torcida nesse começo de competição, pois algumas contratações pontuais irão acontecer gradativamente.

 

O jogo foi bastante equilibrado e no primeiro tempo os atacantes e respectivos goleiros pouco trabalharam. A disputa transcorria apenas nas intermediárias e com bastante faltas. O melhor lance foi quando Gegê cobrou escanteio aos 20 minutos e não abrimos o placar, porque na oportunidade Nando estava muito marcado e não conseguiu chegar para acertar a bola.

 

Assim como no primeiro tempo, a segunda etapa parecia um replay da primeira. Muitos chutões, poucos acertos e muitos erros. Os times não estavam dispostos e nossa torcida até que tentou empolgar, mas não teve jeito. Claramente nossos problemas são nos setores de criação e velocidade. De fato, tentando corrigir ainda no jogo, o comandante alvinegro trocou Echeverría por Adriano Pardal, Nando por Mancha e testou Dalberto novamente na vaga de Erivelton.  

 

Foto: Andrei Torres/ABC FC


 

Embora as mudanças tenham acontecido a rede não balançou e ficamos na "mesmice". A torcida ficou na bronca porque esperava uma apresentação digna de campeão e o sonho do acesso vem a tona em toda estreia.  

 

Nosso próximo compromisso será em Porto Alegre (RS), no estádio Beira Rio contra o Internacional/RS.


 

FICHA TÉCNICA

ABC 0 x 0 Paraná

Estádio Maria Lamas Farache - Frasqueirão

 

ABC: Edson, Bocão, Oswaldo, Cleiton e Eltinho; Anderson Pedra, Felipe Guedes, Echeverria (Pardal) e Gegê; Erivelton (Dalberto) e Nando (Caio Mancha). Técnico: Geninho.

 

Paraná: Leo, Cristovam, Eduardo Brock, Rayan e Júnior; Gabriel Dias, Zezinho (Johnny), Guilherme Biteco (Minho) e Renatinho; Robson (Murilo Rangel) e Daniel Morais. Técnico: Cristian de Souza.

 

Árbitro: Dyorgines José Padovani (ES)

Gols: -

Público: 3.214 torcedores

Renda: R$ 49.670,00



VAI PRA CIMA DELES ABC!

Beatriz Alves