Competência...Vitória e a Vice Liderança da Série B!

Em briga direta pelo G4, o Ceará é superior, vence o Náutico e assumi a vice liderança da tabela.

FONTE: Christian Alekson / Ceará Sporting Clube

O Vovô construiu o placar na etapa inicial onde foi superior ao time Pernambucano, manteve a posse de bola e com a defesa bem postada não permitiu que o Timbu chegasse com perigo ao ataque. A partir dos 20 minutos o Ceará encurralou o Náutico em seu campo, aos 30 Richardson sofreu falta. Eduardo, lateral direito de ofício, pegou de esquerda e mandou direto para o gol. A bola ainda desviou na barreira enganando o goleiro Júlio César: gol do Ceará. O time alvinegro não diminuiu o ritmo, o Náutico que teve seu único período de ataque aos 40 minutos, parou na defesa alvinegra. Wesclei, aposta do técnico Sérgio Soares na partida, puxou contra ataque fuminante deixando Bill na cara do gol, que com categoria tocou na saída do goleiro e ampliou o placar, 2 x 0.

 O Ceará ainda teve chance de matar o jogo na etapa inicial, Wesclei em jogada individual, deu um quase lençol em Gustavo Henrique que tocou com a mão na bola, pênalti marcado. Rafael Costa, não aproveitou a oportunidade e parou na defesa de Júlio César. O atacante, que não está em um bom momento, desabafou em sua rede social: "Claro que não queria errar... Claro que sei que tenho que melhorar... Mas esse grupo mereceu a vitória, essa torcida merece sempre a vitória, essa camisa merece o acesso..."

FONTE: Christian Alekson / Ceará Sporting Clube

O Ceará não retornou no mesmo ritmo, o Náutico cresceu e fez um melhor 2° tempo. O técnico Gallo fez logo duas substituições, Henrique por Renan Oliveira e Caíque para a estreia de Hugo. O Crescimento do Náutico deu resultado e, aos 4 minutos, Rony se antecipou na saída do Everson, tirou do goleiro e diminuiu o placar. 2x1. Até os 30 minutos o Náutico era mais organizado e chegou com mais perigo ao gol, mas não era eficiente na finalização. Só nos minutos finais que o Ceará conseguiu equilibrar novamente a partida, saiu Rafael Costa para a entrada do atacante Rafinha e Marino entrou na vaga de Wesclei que fez uma ótima partida.

Já aos 40, o comandante Sérgio Soares se fechou, sacou Bill e colocou Ricardinho. O time alvinegro ficou apenas com um atacante de ofício em campo. O Náutico foi para o tudo ou nada e deu trabalho aos defensores do Ceará que suportaram bem a pressão. Placar final 2x1. O Ceará mantém a invencibilidade em casa e assume a 2ª posição com 23 pontos, enquanto o Náutico cai para a 8ª colocação, com 18 pontos. 

"Independente da próxima rodada, onde o Ceará enfrenta o Bragantino em Bragança Paulista, nesta terça-feira (28.06) o time cearense permanece no G4. 
A equipe vem evoluindo e isso tem me agradado bastante"
- Resumiu assim o jogo o Técnico Sérgio Soares. 

Os destaques da partida vão para Wesclei que entrou como titular e fez ótima partida, criando jogadas de perigo, que resultaram no segundo gol e no pênalti desperdiçado; para Richardson e João Marcos, que deram consistência no meio de campo, volantes de muita importância para o desempenho da equipe; a dupla de zaga, Charles e Valdo, que fecharam a defesa sem muita marcação de falta e segura em campo e por último Bill matador, que na cara do gol não desperdiça, em bom momento. 

Os times que entraram em campo: 
Ceará: Everson; Charles, Thallyson, Eduardo e Valdo; João Marcos, Richardson, Felipe e Wesclei (Marino) ; Bill (Ricardinho) e Rafael Costa (Rafinha) 
Técnico: Sérgio Soares. 

Náutico: Júlio César ; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Henrique (Renan Oliveira) ; Gustavo Henrique, Gastón, Roni e Caíque (Hugo) ; Jefferson Nem e Bergson (Odilavio)
Técnico: Alexandre Gallo 

Cartões amarelos: Bill e Thallyson - Ceará; Gustavo - Náutico.

G4 é nois ⚫ ⚪

#FechadoComVozão

Priscylla Lima