Conseguimos!

 

Conseguimos!

 

(Foto: Arsenal.com)

 

Com dois gols do nosso “Black Panther”, Aubameyang, e um de Maitland-Niles, o Arsenal bateu o Rennes por 3x0 no Emirates Stadium e conseguiu conquistar a classificação para as quartas de final da Europa League.

Os dois primeiros gols saíram logo no começo da partida, um aos 5 minutos, marcado por Auba após assistência de Aaron Ramsey (que novamente teve uma partida sensacional) e outro em jogada polêmica (foi impedimento ou não foi?), que resultou no cruzamento de Aubameyang para o jovem Maitland-Niles cabecear sozinho aos 15 minutos.

No restante do primeiro tempo o Rennes, que até então estava completamente nulo, se ajeitou e começou a buscar mais a partida, mas ainda assim sem oferecer grandes riscos.  

No segundo tempo, os Gunners pisaram um pouco no freio e começaram a administrar mais o jogo, o que faz sentido, pois ninguém consegue manter tanta intensidade por 90 minutos. O problema disso é que o time de Londres não é lá muito bom em administrar e defender, então passamos a correr alguns sérios riscos quando o time francês partiu para o ataque, quase tomando gol em alguns momentos, que incluem bolas na trave e um gol impedido.

Mas aos 27 minutos do segundo tempo, quem marcou novamente foi o Arsenal: Aubameyang marcou o terceiro, e comemorou vestindo a máscara do Pantera Negra, que resultou em um cartão amarelo ao gabonês.  Mais tarde ele explicou o motivo da comemoração:

Eu precisava de uma máscara que me representasse. É o Pantera Negra e no Gabão, nós chamamos o time nacional de Panteras Negras do Gabão... Isso me representa”

(Foto: Getty images)

 

O gol nos trouxe um certo alívio, mas não tanto assim, já que apenas um gol do Rennes e teríamos que ir para a disputa de pênaltis. E como o Arsenal é campeão em se colocar nessas situações, passei o restante da partida com o coração na boca. Ainda mais porque os franceses continuaram apresentando perigo, principalmente com as jogadas de habilidade de Ben Arfa, que sempre acabavam deixando algum companheiro na cara do gol.  

Por mais sorte que juízo, conseguimos segurar o resultado, e assim, passamos para as quartas-de-final da Europa League.

Falando nisso, o sorteio foi hoje, e sortudos como sempre somos (só que não), enfrentaremos a Napoli. A primeira partida ocorrerá no dia 11/04 e será disputada no Emirates Stadium. Mas também é aquele negócio né, time que quer ser campeão não tem que ficar escolhendo adversário e, depois dessas duas últimas performances do Arsenal, dá pra gente ter esperança sim.

 

Algumas observações sobre os jogadores:

Aaron Ramsey novamente jogou demais, deu vários passes, incluindo um que teria sido uma assistência maravilhosa se o Aubameyang, não tivesse desperdiçado. Aliás, Aubameyang marcou dois gols, deu assistência e de modo geral fez um partidão, mas tem que parar de perder tantos gols feitos, teve duas chances claras que não aproveitou e que poderia ter liquidado de vez a partida.

Maitland-Niles, assim como o Ramsey, também teve mais uma sólida performance. Estou começando a achar que a vocação dele é ser defensor, vejo ele se destacar bem mais desarmando e bloqueando do que no ataque (apesar do gol).

Petr Cech também fez uma boa partida, e fez uma defesaça no início do segundo tempo, salvando com a pontinha dos dedos um chute de Niang que tinha endereço certo. Clean sheet merecida.

Agora temos um importante descanso, e só entramos em campo novamente no dia 01/04, quando enfrentaremos o Newcastle pela Premier League.

 

COYG!

Por Bárbara Ayres