Contra o Flamengo, Ponte Preta busca esquecer os últimos tropeços

 

 Com chances remotas de Libertadores, a Macaca quer esquecer as derrrotas contra o Inter e o Figueirense 

A Ponte Preta vai com força máxima para Brasília, enfrentar o Flamengo logo mais as 18:00hs na Arena Mané Garrincha. Com 50 pontos e na 10ª colocação, a Ponte vem de uma derrota por 1 x 0 para o Figueirense.

Já o Flamengo vem de um empate sem gols com o Santos e está em 11° colocação na tabela de classificação.

Com remotas chances de classificação para a libertadores, a diretoria da Ponte e o elenco evitam criar ilusão, porém não estão dispostos a jogar a toalha.

 

 "Depois que garantimos nossa vaga em 2016 passamos a brigar pelo maior número de pontos possíveis. E até surgiu a possibilidade de chegarmos à Copa Libertadores. Mantemos esta meta, apesar de reconhecer que ficou ais difícil", 

afirmou o técnico Felipe Moreira

 

Para o confronto de hoje a Ponte terá apenas uma mudança. Recuperado de dores musculares, Gilson volta a lateral-esquerda. Outra provável mudança é a saída de Cristian, para a entrada de Diego, já que o atacante d e 36 anos caiu de produção.

A provável Ponte que entra em campo é: 
 Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Fernando Bob e Elton; Clayson, Cristian (Diego Oliveira) e Biro Biro; Alexandro.
O Flamengo tem como novidade o retorno de Guerrero à equipe titular.
A possível escalação do time rubro negro é:
 Paulo Victor, Pará, César Martins, Wallace e Everton; Jonas, Márcio Araújo e Alan Patrick; Emerson Sheik, Gabriel e Guerrero.

O trio de arbitragem do confronto será:
Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) que apita o jogo, auxiliado por Sidmar dos Santos Meurer (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (MG).

 

Vai pra cima Macaca!

Thata Bajano