Contra o lanterna da competição, Guarani vence por 2x0

Vindo de derrota para o XV de Piracicaba na última rodada, o Bugre chegava pressionado para a partida desta sexta (17). Contra o último colocado, o União Barbarense, que ainda não havia vencido na competição, a tarefa do Guarani era de fazer valer o fator casa e além disso, convencer a torcida. Com gols da dupla paraguaia Braian Samudio e Rogério Leichtweis, o alviverde de Campinas venceu o Leão da Treze por 2x0, no Brinco de Ouro.

guarani2.jpg
Foto: Fernanda Martins/Blog Mulheres em Campo

 

A PARTIDA

Utilizando praticamente as mesmas peças que foram à campo em Piracicaba e realizando somente uma mudança, Ney da Matta trocou Gilton por Denis Neves na lateral esquerda.

A equipe do União veio ao Brinco para buscar o resultado e não se intimidou em nenhum momento. Lanterna da Série A2, o time tem muitos problemas, poucos jogadores no banco de reservas, problemas no ataque, mas começou o jogo assustando o Guarani.

No primeiro minuto de jogo, Renato chutou e a bola passou próximo ao gol de Luis Henrique. Poucos minutos depois, o Guarani foi ao ataque. Lenon cruzou e Auremir cabeceou por cima do gol. Mas foi aos 3’ que o Bugre abriu o marcador.

guarani3.jpg

Braian Samudio comemora o gol que abriu a vitória desta sexta (Foto: Luis Cardoso / Guarani Press)

Uederson foi até a linha de fundo e cruzou na metida para Braian Samudio, o paraguaio cabeceou firme e fez Guarani 1x0. O alviverde era superior na partida, mas não conseguia transformar as jogadas em lances efetivos de gols. Aos 6’ mais Uederson, ele recebeu a bola e tentou encobrir o goleiro Jerfesson, mas o arqueiro alvinegro defendeu.

Aos 17’, Genílson lançou Samudio, o atacante chutou cruzado e por pouco não ampliou o placar para o Bugre. Aos 22’, foi a vez do goleiro bugrino mostrar serviço. Renato deu passe para Gustavo Vintecinco, ele chutou para boa defesa de Luis Henrique. Aos 26’, mais União Barbarense. Léo arriscou de fora da área e Luis Henrique estava bem posicionado novamente.

Aos 36’, Fumagalli quase marcou um gol de placa no Brinco de Ouro. O meia arriscou de trás do meio-campo assustando o goleiro Jerfesson que só acompanhou a bola sair. Intervalo de jogo.

Na volta para o segundo tempo e sem mudanças na equipe, o Bugre voltou em cima do adversário e logo no primeiro minuto da etapa final, Denis Neves cobrou escanteio pelo canto esquerdo e o zagueiro Genílson cabeceou por cima da meta do goleiro alvinegro. Aos 12’, Fumagalli cobrou escanteio e Braian Samudio subiu, mas sem efeito na conclusão.

O Bugre “martelava” muito pelo segundo gol, mas sem resultado, o time perdia a intensidade. Com isso, Ney da Matta trocou Uederson, Fumagalli e Marcinho, entraram Rogério, Bruno Nazário e Ernani.

Aos 30’, Braian tocou para Lenon, o lateral chutou para boa defesa de Jerfesson que deu rebote, Bruno Nazário tentou por baixo e o goleiro deu mais um rebote, até que Rogério apareceu e soltou uma bomba para o gol. Guarani 2x0.

Antes do final da partida, o Bugre ainda teve mais uma grande chance. Ernani invadiu a área e chutou, a bola raspou a trave e saiu. Não tinha mais tempo para mais nada. O Guarani venceu, mas não convenceu. Faltou organização.  

 

Ficha Técnica

Guarani x União Barbarense

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas-SP

Horário: 19h15

Arbitragem: Tiago Luis Scarascati, Enderson Emanoel Turbiani da Silva e William Trufelli Malaquias

Gols: Braian Samudio aos 3′ do 1ºT e Rogério aos 30′ do 2ºT

Público e Renda: 2.026 pagantes – R$ 18.750,00

Guarani: Luis Henrique; Lenon, Genílson, Jussani e Denis Neves; Auremir, Evandro, Marcinho (Ernani), Fumagalli (Bruno Nazário) e Uederson (Rogerio); Braian Samudio. Técnico: Ney da Matta.

União Barbarense: Jerfesson; Raoni, Ewerton, Mailson Souza e Lucas Gabriel; Leonardo, Vitor, Renato e Kássio; Gustavo (Kelvil) e Flávio Meneses. Técnico: Claudio Britto.

 

 

MUDANÇA NO COMANDO

guarani4.jpg

Fonte: Gazeta Press

A notícia que chegou neste sábado (18) pela manhã foi a da saída de Ney da Matta do comando do Bugre. Mesmo com a vitória diante do União Barbarense, o treinador não conseguiu desenvolver um bom trabalho por aqui e era nítido que o grupo estava rachado. Para o lugar dele, chega Maurício Barbieri, ex-Red Bull, que já assume os treinamentos da equipe na próxima semana.

O próximo compromisso do Guarani é contra o Juventus, no sábado (25), às 15h, na tradicional Rua Javari.

 

Não te peço pra entender, se é amor ou se é paixão, não pedimos nada em troca, está dentro do coração.

 

Fernanda Martins.