COPA DO NORDESTE: BAHIA EMPATA EM CASA, MAS SE CLASSIFICA PARA SEMIFINAIS

Fonte: Site ECBahia

 

Na noite desta quinta-feira (03), o Bahia enfrentou o Botafogo-PB, no estádio Pituaçu. Mesmo com o placar de 0 a 0, o Bahia se classificou para as semifinais da Copa do Nordeste 2018, isso porque ele venceu a primeira partida por 2 a 1.  

 

O esquadrão foi comandado pelo auxiliar técnico Alexandre Faganello, já que, infelizmente, a mãe do Guto Ferreira faleceu e ele precisou viajar. O auxiliar optou por poupar vários jogadores e atuou com Douglas; João Pedro, Tiago (Lucas Fonseca), Everson e Mena; Edson, Flávio, Régis, Élber (Allione) e Zé Rafael; Júnior Brumado (Kayke).

 

Foto: Felipe Oliveira | ECBahia


O Bahia começou a partida pressionando, logo aos 13', Élber acertou a trave. No rebote, Zé Rafael completou, mas o zagueiro Walber apareceu e salvou em cima da linha. Também tiveram outras diversas chances claras de gol, como as de Zé Rafael, Jr. Brumado e Régis que não conseguiram acertar as redes.

 

O Botafogo-PB soube aproveitar as falhas do tricolor, porém ou o ataque parava na zaga, ou não oferecia perigo. O tricolor se manteve firme durante os 90' e só não abriu placar por conta da deficiência de algumas jogadas não concluídas.

 

Foto: Felipe Oliveira | ECBahia

 

No segundo tempo o Bahia esfriou um pouco, mas continuou insistindo, porém manteve os erros em jogadas e na pontaria. Allione quase acertou o gol depois de uma tabela com Régis, que bateu na trave. Kayke, depois de meses afastado devido a uma cirurgia, voltou nessa partida e arriscou algumas jogadas, sem sucesso. Já o Botafogo-PB começou a arriscar mais chutes de fora da área, contudo Douglas estava sempre atento. Assim, o resultado permaneceu no 0 a 0.

 

Próxima Fase do Nordestão

 

O tricolor aguarda seu adversário, que vem do duelo entre Ceará e CRB — partidas que acontecerão apenas nos dias 15 e 23 de Maio.


Fala comandante!

 

O auxiliar técnico Alexandre Faganello elogiou a equipe em entrevista na qual afirmou ter gostado da postura dos atletas em campo, lamentou as chances perdidas, apontou as deficiências que persistem e disse que pretende continuar trabalhando em cima disso.

 

Foto: Felipe Oliveira | ECBahia

 

“A gente fica contente pela classificação, que era o objetivo principal, mas frustrado pelo resultado. A gente teve o controle da partida e muitas chances criadas, sobretudo no primeiro tempo. No segundo, não tivemos um volume tão alto. Mas é natural, estávamos com mudanças e jogadores que não vêm atuando os 90 minutos”, ponderou.

 

Reapresentação Tricolor

 

O tricolor já retornou às atividades nesta sexta-feira (04). Agora, o foco é o Sport na partida válida pelo Brasileirão, que será no domingo (06), às 14h, na Ilha do Retiro.

 

Vamos avante, esquadrão !!!

 

Por Thamires Barbosa