Corinthians: 11 letras, um só sentimento!

O passado ilumina tua história: de um Bom Retiro a inspiração,  raízes na força do povo e a razão de viver de 30 milhões de loucos. Parabéns Corinthians, 106 anos dentro nossos corações!

 

14192079_1180022305370293_1581893809067529864_n.jpg

Foto: Corinthians Oficial

 

Em 1910, na esquina das ruas José Paulino e a Cônego Martins, à luz de um lampião , 5 operários se reuniram e deram vida, ao que seria o combustível de milhões de pessoas. Numa São Paulo onde os mais pobres eram excluídos do futebol, tão elitizado e dominado pelos alemães e ingleses, Anselmo Correa, Antonio Pereira, Carlos Silva, Joaquim Ambrósio e Raphael Parrone, fundaram o Sport Club Corinthians Paulista, pra disputar inicialmente os jogos da várzea.

O nome é uma referencia ao Corinthian Team, da Inglaterra, o primeiro clube europeu a excursionar pelo Brasil e a arrasar os clubes daqui. As goleadas enchiam os olhos dos torcedores, como o 10 a 1, sobre o Fluminense, ou o 8 a 2, sobre o São Paulo Athletic, e faziam crescer o desejo de ter um clube com puro sangue brasileiro.  

Outros se juntaram para fortalecer o time, por identidade com o clube de sangue operário. Miguel Battaglia, um alfaiate foi o primeiro presidente e uma de suas frases, mesmo centenária, faz sentido até hoje:

 

"O Corinthians vai ser o time do povo e o povo é quem vai fazer o time”

 

5 operários deram vida, ao SCCP. Foto: Futpaulista

 

A nota do jornais da época, fez correr de trabalhador em trabalhador, a novidade de um clube:

 

“Sport Club 'Corinthians' Paulista. Com esta denominação supra fundou-se nesta capital mais uma sociedade sportiva, com o fim de desenvolver o conhecido e apreciado sport bretão”. (Folha de São Paulo).

 

Os primeiros treinos já recebiam grandes plateias, de pessoas curiosas ou que queriam de alguma maneira, fazer parte do clube. Com a chegada do rádio nos anos 20, o Corinthianismo ia se fortalecendo, atrelado as narrações e a ansiedade pelos jogos.

O clube já era popular, arrastando multidões e em campo, dos dez paulistas disputados, seis foram pra conta alvinegra. De lá pra cá, o Corinthians viveu momentos de alegria, de sofrimento e de glórias!

Superamos os 23 anos sem título de expressão, demonstrando o quanto o nosso amor é grande e incomparável. Dominamos o Brasil, pintamos de preto e branco a América e fizemos o Mundo ecoar nosso nome, mas não sem antes, cair e levantar de cabeça erguida, movidos pela Fiel. Calamos cada anti, que ao longo destes 106 anos, teimam e insistem em duvidar do nosso amor e da força do Corinthians.

 

“Tens a tradição

De um clube tantas vezes campeão.

Pelos teus rivais, temido;

Pela tua FIEL, querido.” (Toquinho)

 

De Sócrates a Emerson Sheik, de Tupãzinho a Marcelinho, de Basílio a Romarinho, de Neto a Tite, de Rivellino a Viola, de Ronaldo a Baltazar, de Zé Maria a Vampeta, de Casagrande a Ríncon, passando por tantos outros, o Corinthians fez sua história, e deu vida a uma nação totalmente irracional!

Nosso amor, transcende a realidade e nosso jeito, louco e inconsequente de torcer, assombra quem tenta nos desafiar. Só um corinthiano, maloqueiro e sofredor pode entender o outro, uma religião que não se ensina aos antis ateus!

Sabemos que nosso amor vai muito além das vitórias, já dizia Toquinho “Ser corinthiano é ir além, de ser ou não ser o primeiro”, porque  Corinthiano não vive de título, vive de Corinthians!

O Corinthians traz nas suas 11 letras, dois sentimentos, o amor e ódio, sim, ou se ama, ou se odeia. Por isso, o mundo é dividido em dois povos, o Corinthiano e anti-Corinthiano. Um, apaixonado, obstinado, que coloca o time acima da própria mãe, enquanto outro, deixa de torcer para o time, para secar o Corinthians.

Somos considerados o maior rival, de todos que nos enfrentam, muitos se unem pra torcer contra nós, enquanto em nossas cabeças o que importa é poder ver o Timão em campo. A camisa sempre a postos, às vezes aquela já velha, surrada, mas considerada um amuleto e inseparável, na hora de torcer.

Parabéns CORINTHIANS! Em cada novo ano de sua história, a Fiel estará ao seu lado, sempre cantando a plenos pulmões! Nós nunca iremos te abandonar, tu sempre serás o primeiro e único e nossos corações!

 

Salve o Corinthians

O campeão dos campeões

Eternamente dentro dos nossos corações

Salve o Corinthians de tradições e glórias mil

Tu és orgulho

Dos desportistas do Brasil!


por Mariana Alves, Corinthiana sofredora graças a Deus!