CORITIBA JOGOU BEM, MAS FICOU APENAS NO EMPATE CONTRA O INTER

A noite fria desta quinta feira (23) acabou quente para o Coxa, que ficou apenas no 1x1 com o time do Internacional. O time que há alguns jogos vinha se mostrando perdido em campo, deu um sufoco nos gaúchos.

O Coritiba teve mais chances que o Internacional, foi pra cima, foi guerreiro. O esquema tático de Pachequinho funcionou bem e o Inter muitas vezes foi salvo pelo goleiro Danilo Fernandes. O Coxa queria a vitória, mas por azar do destino saiu apenas com o empate e o time está na zona do rebaixamento com 9 pontos na 17ª posição.

Sem muito tempo para lamentação, Pachequinho já volta a treinar o time nesta sexta feira (24), o time agora enfrenta o Figueirense fora de casa e o técnico Pachequinho quer arrumar alguns erros que ainda insistem em serem feitos:

“A gente não pode perder o rumo, a linha de trabalho. O jogo que a gente fez hoje aqui é a prova disso. Temos totais condições de reverter e temos que almejar melhorar nossa pontuação e classificação na competição. Mas é só com trabalho. Nos últimos oito jogos, pegamos os sete melhores colocados. A tabela não ajuda nesse momento, porque você tem que lutar contra os adversários que estão lá em cima. A partir do momento em que tivermos uma sequência de resultados bons, a gente com certeza vai subir na classificação” disse o técnico.

O JOGO

O Coritiba começou super bem o jogo, aos 7 minutos do primeiro tempo, em escanteio, Juan mandou direto para Nery Bareiro, que cabeçou e mandou a bola pertinho do gol. Aos 19 minutos, Juan chutou e a bola novamente passou nem próxima do gol. Aos 27 minutos, foi a vez de Kléber mandar a bola perto do gol, após cobrança de lateral de Juan, Kléber ganhou a disputa contra três zagueiros, mas não conseguiu acertar o gol.

Fomos surpreendidos aos 33 minutos, Ernando fez o desvio na trave, a zaga do Coritiba (novamente) bobeou e Anderson de cabeça abriu o placar para o Colorado. O Coxa tentou ir pra cima o restante do primeiro tempo, mas sem eficácia.

No segundo tempo, precisando vencer, Pachequinho colocou o estreante Iago, que entrou no

 lugar de Walisson Maia. O time ficou ainda mais ofensivo, apesar do Inter ter tido a primeira boa chance do segundo tempo, com Sasha que mandou a bola para o gol, mas Wilson como um gato! defendeu.

"Nery após marcar o gol contra Inter" - Foto: Coritiba Oficial

Logo Leandro entrou no time e, aos 23 minutos, fez boa jogada para Kléber, que teve que se esticar para pegar a bola, mas acabou parando no goleiro Danilo. Aos 24 minutos veio o “alivio”, após cobrança de escanteio, Nery Bareiro mandou a bola da cabeça direto pro gol, 1x1. O Coxa cresceu mais ainda em campo, sabia atacar e não deixava o time do Internacional criar jogadas, aos 50 minutos Kléber perdeu uma boa chance de virar, o bandeira assinalou impedimento, mas o atacante Coxa Branca estava em posição legal. Nery Bareiro, o nome do jogo, acabou sendo expulso no final, após tomar o segundo amarelo.

“Eu fico feliz com o gol e também com a minha estreia aqui”, disse Nery após a partida.

"O time foi guerreiro. Infelizmente tomamos um gol. Poderíamos sair com um resultado melhor, mas enfrentamos uma equipe grande" disse Wilson.

Vimos um Coritiba totalmente diferente do que ao que estávamos acostumados, agora é organizar o time, acertar os erros e ir pra cima do Figueirense, precisamos nos recuperar na tabela e somar pontos.

É GARRA É FORÇA É TRADIÇÃO !

Patrícia Moro.