Cueva empata partida e São Paulo se classifica na Copa do Brasil

 

O Tricolor Paulista viajou até Natal para enfrentar o ABC-RN pela terceira fase da Copa do Brasil e conseguiu um empate por 1x1 com os donos da casa o que garantiu a classificação do Soberano. Vale lembrar que os donos da casa não perdem há um ano no Frasqueirão e o Tricolor Paulista não entrou completo.

 

spfc.jpg
(Foto: Rubens Chiri - saopaulofc.net)

 

Os desfalques do São Paulo foram do gol ao ataque, Sidão não jogou devido a uma lombalgia, Maicon está fora se recuperando de uma entorse no tornozelo esquerdo, já no ataque o desfalque foi Lucas Pratto que fraturou o nariz no jogo na derrota do última sábado (11), contra o palmeiras, apesar disso o camisa 14 passou por cirurgia e já voltou a treinar com uso de proteção no nariz.

 

O JOGO

 

A bola mal tinha rolado no estádio Maria Lamas Farache e os donos da casa se aproveitaram de um vacilo da zaga são-paulina para marcar de cabeça, assim como no primeiro jogo depois de cobrança de escanteio pela esquerda, Marcio Passos subiu sozinho e mandou para fundo gol de Denis, que nem teve chances de chegar na bola, mas o Tricolor quase chegou ao empate no minuto seguinte quando Buffarini cruzou na área, Wellington Nem mandou para o gol e o zagueirão Oswaldo tirou em cima da linha, no rebote Cueva bateu firme, mas a bola foi desviada de cabeça para escanteio.

Aos 11’ as coisas começaram a se complicar para o São Paulo Rodrigo Caio sentiu o tornozelo esquerdo e o técnico Rogério Ceni precisou fazer a primeira substituição da partida, tirou o camisa 3 para entrada de Lyanco, que fez seu primeiro jogo sob o comando do M1TO.

O São Paulo conseguiu se estabilizar na partida e ganhar volume, aos 30’ Cueva que já era o nome do jogo, meteu uma caneta daquelas no camisa 2 do ABC, cruzou para Thiago Mendes que não conseguiu dominar, na sequência foi a vez dos donos da casa atacarem, Erivélton cruzou e Nando cabeceou, mas por incrível que pareça o camisa 1 são-paulina fez uma belíssima defesa.

Aos 37’ o baixinho Peruano recebeu de Gilberto, bateu forte e igualou o placar 1x1. Tranquilidade total para seguir na partida e no campeonato.

 

cueva.jpg
(Foto: Rubens Chiri - saopaulofc.net)

 

Na segunda etapa da partida o time da casa voltou de cabeça mais baixa e tricolor se aproveitou disso para tocar a bola e administrar a vantagem. Aos 2’ Lyanco (que diga-se te passagem fez um jogão), chutou bem, mas a bola foi para fora, depois Gilberto tentou de cavadinha, mas o goleiro potiguar fez a defesa e aos 22’ Lucas Fernandes entrou no lugar de Cueva que já não aguentava mais devido a lesão na coxa. E 10 minutos depois o garoto teve a oportunidade matar o jogo, cara a cara com o goleiro errou duas vezes.

 

Tinha que ser o Cueva de novo.

Que o Cueva é o cara do atual elenco são-paulino todo mundo sabe, o cara é diferenciado demais, joga o fino, consegue fazer coisas espetaculares, mas não se vive só de Cueva, essa “cuevadependência” vai nos matar do coração, o baixinho provavelmente terá que se apresentar a seleção Peruana logo e aí como é que vai ficar? O São Paulo precisa urgente de alguém que faça sombra ao peruano para não só estar disponível no período de eliminatórias para copa, mas para principalmente revezar com o camisa 10 em jogos menos importantes.

 

O que vem por aí?

O sorteio para saber quem será o próximo adversário do Tricolor acontecerá só na sexta-feira (17), então o jeito é voltar o foco para o Paulistão e se preparar para o jogo de sábado contra o Ituano no Morumbi, às 16hr00 (BSB).

 

FICHA TÉCNICA


 

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).

 

Data: 15 de março de 2017, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

 

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (ambos do RJ)

 

Público: 15.016 torcedores

Renda: R$ 375.170,00

 

Cartão Amarelo: Felipe Guedes, Márcio Passos, Echeverría, Cleiton e Dalberto (ABC); João Schmidt, Cueva, Lucas Fernandes e Junior Tavares (São Paulo)

 

Gols: ABC: Márcio Passos, no primeiro minuto do 1º tempo

SÃO PAULO: Christian Cueva, aos 37 minutos do 1º tempo

SÃO PAULO: Denis; Buffarini, Lugano, Rodrigo Caio (Lyanco) e Junior Tavares; João Schmidt, Thiago Mendes e Cícero; Cueva (Lucas Fernandes), Wellington Nem (Luiz Araújo) e Gilberto Técnico: Rogério Ceni

 

ABC: Edson; Levy, Oswaldo, Cleiton e Romano (Marquinhos); Márcio Passos, Felipe Guedes e Gegê (Caio Mancha); Erivélton, Nando e Echeverría (Dalberto) Técnico: Geninho

 

Por: Jéssica Nogueira Gonçalves - Tuas cores gloriosas. Despertam um amor febril.