Culpa da falta de entrosamento

 

 

Na noite de ontem, quarta-feira (10), o Flamengo entrou em campo no Maracanã para fazer a estreia na Copa do Brasil contra o Atlético-GO. Com a conquista do Campeonato Carioca no último domingo, a torcida compareceu em bom público, empolgada com a boa fase do time.

 

O Atletico-GO foi eliminado no estadual há duas semanas, então teve mais tempo para se concentrar nesse jogo. Já o Flamengo vem de jogos decisivos no estadual e na Libertadores. Mesmo assim, os goianos tiveram quase metade do time fazendo sua estreia oficial. Assim como os cariocas entraram com um elenco cheio de reservas. Logo sabíamos que não dava para esperar um jogão, visível a falta de entrosamento de ambos os elencos.

 

v.jpg

Foto: Gazeta Press

 

Com um adversário mais fraco, os mandantes conseguiram dominar a posse de bola na primeira etapa, mas faltou a criação nas jogadas e pontaria. As melhores chances foram com Damião, aos 29, que aproveitou uma falha de Klever, mas mandou para fora, e aos 44, Paquetá que com uma cabeçada forte levou perigo e fez o goleiro atleticano espalmar. Já os visitantes tiveram sua melhor oportunidade no último lance do primeiro tempo em uma bola parada na área que Júnior Viçosa quase alcançou.

 

Na segunda etapa, o Flamengo mexeu e pôs Pará no lugar de Gabriel, com a ideia de repetir a recente fórmula de sucesso botando Rodinei como ponta. Ele até colocou uma bola na trave aos 8 minutos levando perigo, mas não rendeu como nas outras vezes. O Atlético-GO achou mais espaços e foi para mais perto do gol adversário, entretanto só levaram perigo em bolas paradas. Destaque para o retorno de Ederson, que após 10 meses de uma lesão séria voltou aos gramados e aclamado pela torcida. Felipe Vizeu também entrou, mas ambos não surtiram efeito no ataque rubro-negro. Já aos 40 do segundo tempo Walterson livre na área mandou por cima e também não marcou para os visitantes.

 

Flamengo e Atlético-GO voltam a se enfrentar, no Serra Dourada no próximo dia 24 de maio, fazendo o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Curiosamente no domingo anterior, 20/05, os dois se enfrentam lá mesmo, só que pelo Campeonato Brasileiro. Quem ganhar passa, os cariocas avançam com qualquer empate com gols e se permanecer empate sem gol, a decisão vai para os pênaltis.

 


Por Paula Barcellos.