DE OLHO NA SUL AMERICANA PEIXE PODE POUPAR ALGUNS TITULARES CONTRA O MIRASSOL

 

 

 

Na tarde deste sábado (09), o Santos enfrenta o Mirassol pela sexta rodada do Campeonato Paulista, no Pacaembu.

O time vem de uma vitória animadora na Copa do Brasil depois de sofrer uma goleada no último domingo (03) pelo Campeonato Paulista. Nesses altos e baixos é difícil saber o que esperar para a próxima partida. Ser santista é sofrer por antecipação também.

 

       Foto: Ivan Storti

 

Sampaoli deve poupar alguns titulares pensando na estreia na Copa Sul Americana na próxima terça-feira (12). Vanderlei, Gustavo Henrique, Victor Ferraz e Copete que atuaram em todos os jogos, além de Alison, Carlos Sánchez e Jean Mota, são as dúvidas para a partida.

Na tarde desta sexta-feira (08) os atletas deverão fazer exames físicos e, após esses resultados, o técnico alvinegro deve decidir quem vai a campo contra o Mirassol.

Provável escalação santista: Vanderlei (Everson); Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique (Aguilar) e Orinho; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota; Felippe Cardoso e Derlis González.

 

A chegada de reforços:

 

O peruano Christian Cueva, que deveria ser apresentado nesta tarde como novo reforço do Santos, ainda não está regularizado e provavelmente não deve jogar amanhã. Mesmo que os dirigentes santistas consigam atualizar a documentação do meia, ele deve ficar no banco. Cueva custará aos cofres santista a quantia de 26 milhões e chega como a maior contratação do Peixe até o momento. Que Deus nos ajude!

 

A paixão que nos une!

Foi bem complicado começar este texto, nestas horas a rivalidade é posta de lado e só conseguimos imaginar o quão doloroso é enfrentar uma tragédia deste tamanho.

Tenho um filho da idade dos meninos que estavam no centro de treinamento do Flamengo, e lendo as notícias que foram chegando uma após a outra, o nó na garganta, o aperto no peito, a angústia só aumentaram e foi impossível segurar as lágrimas.

Nas suas redes sociais o Peixe, motivo de eu estar escrevendo agora, se solidarizou com as famílias enlutadas.

       Foto: Santos FC

Quando nos apaixonamos por futebol e muitas vezes quem está de fora não consegue entender esse amor todo por pessoas que nem ao menos sabem da nossa existência. Parecem tão longe, tão fortes e perfeitos. São endeusados (nem sei se existe essa palavra) e é exatamente por essa forma de visão, que muitos meninos sonham em trilhar este caminho.

O que aconteceu no Rio esta manhã, nos dói não só porque é sobre futebol, antes são vidas, sonhos interrompidos, meninos com tanta coisa pela frente...

Que Deus conforte o coração de cada família neste momento.

 

Por Andra Jarcem, com o Santos onde e como ele estiver.