DE VERMELHO E PRETO, HOJE SOMOS TODOS VERDE E BRANCO

Carta aberta da torcida rubro negra...

Querida Chape,

Venho aqui representando a torcida do Sport Club do Recife, um time tradicional do futebol brasileiro. Passamos por um momento difícil, mas nada comparado à dor que vocês sentem nesse momento.

Desde que ficamos sabendo do acontecido, a vida não foi à mesma. Nem sol manteve o mesmo brilho, e o céu chorou... Chorou como se tivesse perdido a mais bela das estrelas.  

Estamos procurando formas de te confortar, e as lágrimas estão escorrendo descontroladamente.

 

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

 

Infelizmente, agora, as únicas coisas que podemos te oferecer é uma Ilha do Retiro lotada para com o teu símbolo estampado no peito, podermos prestar algumas homenagens. Sei que não é muita coisa, mas vamos também te doar a renda adquirida nessa partida e a torcida fará uma surpresa pra vocês. Não se esqueçam de assistir Sport x Figueirense, no dia 11.12.

Ah, lembrei-me de outra coisa que vamos te ofertar. Uma coisa que nenhum dinheiro no mundo pode comprar: o apoio incondicional.

Agora, o seu sonho será o nosso sonho, o teu choro será o nosso choro, as tuas glórias serão nossas glórias e a nossa torcida também será sua torcida. Assim, eu tenho certeza que você conseguirá sair dessa.

É quase impossível medir a dimensão que da tristeza que a torcida rubro-negra está sentindo nesse momento, é como se os nossos que tivessem partido. Rendemo-nos a sua historia, a sua garra, as suas cores e ao seu povo.

Infelizmente, não posso dizer que esse sofrimento vai desaparecer. Mas, eu te prometo, as coisas vão melhorar. Não precisa se desesperar. O Brasil e o mundo estão com vocês. Agora, somos um só. E tenho certeza que cada pessoa ganhou um pouquinho mais de humanidade com toda essa tragédia.

A Ilha do Retiro está com as portas abertas para te receber. Pode jogar aqui em casa, ela vai estar lotada para te receber. Queremos te dar um abraço, queremos te abraçar em um jogo.

Lembrem-se: isso não é o fim.

Alguns campeões voltaram para casa, e outros precisarão de um tempo para recomeçar. Mas a certeza é que ainda temos uma linda historia pela frente, e vamos vivê-la juntos.

Vamos, querida Chapecoense. Estaremos sempre aqui para te apoiar.

 

Beatriz Cunha