DE VIRADA É MAIS GOSTOSO

(Foto: Reprodução Internet)

 

Na última partida das quartas de final, a Suécia garantiu vaga entre as quatro melhores da Copa do Mundo Feminina.

 

Na tarde deste sábado (29), a Seleção Sueca venceu a Alemanha de virada por 2 a 1, em Rennes. Para quem pensava que a Suécia estava derrotada, sinto em informar que os dados ainda estavam rolando. Parecia impossível a classificação, porém aconteceu. 2003 foi vingado com sucesso.

O primeiro gol da partida saiu aos  16 minutos, Däbritz recebeu na entrada da área e passou para Magull que entrava nas costas da defesa.  A camisa 20 dominou e finalizou para abrir o placar em Rennes. ALEMANHA 1 x 0 SUÉCIA.

Como já era de se esperar a Suécia não se entregou tão rapidamente a derrota e tratou logo de ir em busca do empate.

Fato que aconteceu 22 minutos após. Em um chutão de Linda  Sembrant, a defesa alemã encontrou Jakobsson na entrada da área. A zaga falhou e a camisa 10 não perdoou e chutou na saída de Schult. ALEMANHA 1 x 1 SUÉCIA.

O primeiro tempo foi bem movimentado, ambas equipes queriam a vitória e foi pra cima disso, até porque se o placar permanecesse empatado teríamos prorrogação e pênaltis, e com o calor que fazia em Rennes, não seria bom negócio para as equipes.

Logo no início do segundo tempo, a Suécia fez o favor de fazer o dever de casa. Jakobsson cruzou pela direita e Rolfö cabeceou para defesa de Schult. A goleira deu o rebote, e bem posicionada na pequena área, Blackstenius completou para dentro do gol. ALEMANHA 1 x 2 SUÉCIA.

A Suécia ainda teve chances de ampliar o placar, porém parou na defesa da goleira alemã. Jogo terminado com vitória e classificação sueca.

A Suécia chega a sua quarta semifinal em sua história, somente Alemanha (5) e o Estados Unidos (8) jogaram mais. 

Após o jogo a jogadora Jakobsson falou as seguintes palavras.

Esse time vale todo sucesso, jogamos um bom futebol, valemos o lucro, diz Jakobsson após o jogo na TV4.”

Fridolina Rolfö, por outro lado, levou um cartão amarelo e está suspensa nas semifinais contra a Holanda.

Este jogo teve várias mensagens de alegria para a equipe feminina sueca. Além do fato de terem vencido a Alemanha (algo que as damas suecas não faziam desde 1995 no contexto do campeonato).

Além da vaga da semi, as suecas também se confirmaram entre as três primeiras seleções da Europa no torneio e garantiram classificação para a Olimpíada de 2020, em Tóquio, ao lado de Inglaterra e Holanda.

O próximo encontro das Suecas, será às semifinais na quarta-feira (03) às 21h00, em Lyon, contra a Holanda que eliminou as Italianas.

 

(Foto: Reprodução Internet)

 

Por Elluh Ferreira