De virada, Sport vence o Santa Cruz e alcança a quarta vitória seguida.

O Sport venceu o Santa Cruz por 2 a 1 neste domingo na Ilha do Retiro e toma a quarta colocação do time Coral. O Leão da Ilha tem agora seis pontos, enquanto o Santa Cruz fica fora da zona de classificação para o mata-mata com apenas quatro.

Equipe leonina comemorando o gol de empate. (Foto: Libia Florentino)

A torcida não sabia dizer se era ‘clássico das multidões’ ou ‘clássico das emoções’. O Santa Cruz veio com a missão de pressionar o time da casa, e o logo aos nove minutos Lelê cruzou e Grafite deu um toquinho na bola sem chance para defesa do Leão. Após o gol, o time visitante diminuiu o ritmo de jogo. A partir dos vinte e cinco minutos do primeiro tempo o Sport começou a ditar o ritmo da partida. A tentativa de empate veio com Lenis três vezes, e com Luiz Antônio duas vezes, mas pararam em Tiago Cardoso em todas elas.

Na volta do segundo tempo, o Sport começou ligado no jogo e Tiago Cardoso não conseguiu parar o setor ofensivo do Leão. O empate veio logo aos seis minutos. Lenis recebeu a bola na lateral, invadiu a área do Santa e tocou sem marcação para Luiz Antônio empatar para o Leão da Ilha. Foi o primeiro gol do jogador pelo Sport.

O jogo ficou novamente bem equilibrado com Grafite perdendo duas chances incríveis frente a frente com Danilo Fernandes. Aos trinta e quatro da etapa final, Everton Felipe cruzou na cabeça do goleador Túlio de Melo, que virou para os donos da casa. O atacante marcou nos últimos quatro jogos pelo Sport. O primeiro com os pés.

- Fomos bem nos dois tempos. Tivemos imposição e consistência. Criamos situações de gols e o goleiro do Santa Cruz fez grandes defesas. Não corremos risco hoje porque o time se comportou bem. Teve consistência. Evito dizer que foi a melhor, mas eu gostei porque foi uma vitória consistente. Comentou o Técnico Falcão após a vitória.

Estádio: Ilha do Retiro
Árbitro: Sebastião Rufino Filho (PE)
Auxiliares: Clóvis Amaral (PE) e Elan Vieira (PE)
Público: 14.609
Renda: R$ 315.721,00

Sport Recife: Danilo Fernandes; Ronaldo, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Serginho (Everton Felipe), Rithely, Luiz Antônio, Gabriel Xavier (Neto Moura) e Reinaldo Lenis (Johnathan Goiano); Túlio de Melo.
Técnico: Paulo Roberto Falcão
Gols: Luiz Antonio e Túlio Melo
Cartões Amarelos: Gabriel Xavier e Túlio de Melo

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira (Tiago Costa); Lucas Gomes, João Paulo, Renatinho, Lelê (Bruno Moraes) e Wallyson (Raniel); Grafite
Técnico: Marcelo Martelotte
Gols: Grafite
Cartões Amarelos: Grafite, Vítor, Lelê e Lucas Gomes.

No próximo domingo, às 16h, o Sport tem mais um clássico, dessa vez contra o líder Náutico, para se consolidar na zona de classificação para as finais. O Santa vai até o Lacerdão, em Caruaru, enfrentar o lanterna Central também no domingo, às 16h.

Beatriz Cunha