DEU RUIM

 

América perde para o Coritiba e encerra sequência invicta

Foto: Gazeta Esportiva

No Couto Pereira o Coelho foi buscar o seu décimo segundo jogo de invencibilidade, mas acabou ressuscitando o Coritiba que vinha mal das pernas (não vencia desde o dia 16 de agosto). Além disso, a derrota custou duas posições na tabela (10° posição com 35 pontos). O placar foi de 2 a 1, gols de Robson e Sabino; Ricardo Silva diminuiu para os mineiros. 

Jogando fora dos seus domínios, o América manteve a postura ofensiva e teve na bola parada suas melhores chances. Enquanto isso, os donos da casa, pressionados pela sequência ruim, erravam inúmeros passes.

A partida teve polêmica logo nos primeiros minutos, com a não marcação de um pênalti em cima de Ricardo Silva, que foi puxado dentro da área, após cobrança de escanteio. Depois disso o Coritiba passou a criar mais e conquistou o primeiro gol, aos 30 minutos quando Robson dominou de canela e mandou para as redes. 

Na segunda etapa o Coritiba ampliou em cobrança de penalidade inexistente. Parecia que Marcelo de Lima Henrique queria compensar o pênalti não marcado em Rodrigão, no primeiro tempo. Lambança atrás de lambança…

Com o 2 a 0 no placar, os paranaenses se fecharam, o que possibilitou mais jogadas ofensivas do Coelho. De tanto insistir, Ricardo Silva aproveitou cruzamento de João Paulo para balançar as redes de Muralha, descontando para os visitantes. O gol deu ânimo e o América buscou a todo custo, o empate. Faltando dois minutos para o fim da partida, Felipe Azevedo acertou um chutaço na trave, para desespero dos mineiros. Fim de jogo, 2 x 1.

O próximo duelo do América será na quinta-feira, às 19h15 no Independência diante do CRB.

Por Mariana Alves