DIA DE CORINTHIANS E DO CORINTHIANS!

Em seu aniversário de 109 anos, o Timão recebe o Atlético Mineiro em Itaquera e o objetivo é fazer a festa


 

Mais um 1º de setembro, mais um aniversário do Corinthians. São 109 anos completados neste domingo e não existe jeito melhor de celebrar, do que com jogo, dentro de campo, no solo sagrado de Itaquera. Para continuar subindo na tabela do Brasileirão e comemorar seu dia, a meta alvinegra é vencer o Atlético Mineiro em partida que se inicia às 19h.

Vindo de uma semana movimentada pela partida contra o Fluminense, no Rio, que garantiu a classificação alvinegra para a fase semifinal da Copa Sul-Americana, o Timão ganhou confiança e não poupará esforços para o confronto do fim de semana. 

O último treino no CT Joaquim Grava aconteceu na manhã deste sábado (31), e focou na parte tática, aparo de arestas que estão sobrando (ou melhor, faltando) e reforço do que vem dando certo.

 

(Foto por Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

 

Carille não terá à sua disposição o volante Gabriel, que chegou a ser dado como vendido para as arábias, foi até lá, mas acabou barrado por Cuellar. O volante voltou normalmente ao elenco, mas não joga por não ter participado dos últimos treinos. Além dele, Everaldo será baixa por dores na região da coxa. Quem retorna ao time é Ralf, já recuperado de lesão e reintegrado à equipe.

Os 11 titulares que lutarão para dar uma vitória de presente de aniversário à Fiel Torcida contará com Cássio, Fagner, Manoel, Gil, Danilo Avelar, Ralf, Pedrinho, Junior Urso, Mateus Vital, Clayson e Boselli.

 

(Imagem: Reprodução/Internet)

 

São 109 anos de amor, fé, representatividade e fidelidade. Aproveito para deixar registrado aqui o meu parabéns ao maior do mundo, o único que transforma Rio em São Paulo e coloca o Pacaembu no Japão. O dono da saudosa maloca, o time dos operários, dos pobres, dos que sofrem com alegria e enlouquecem de amor. Corinthians de todos os povos, de todos os mundos, de todos os momentos. Que venham mais mil anos para que eu possa te amar em cada um deles. Valeu por você existir, Corinthians!

 

Por Victória Monteiro, maloqueira e sofredora, graças a Deus!