Dia de matar saudades e garantir mais três pontos.

Para quem estava com saudades do Brasileirão, nesta terça teve o aval para começar a matar a saudade, mas para atleticanos e palmeirenses a saudade de ver ambos times em campo vai acabar hoje, nesta quinta-feira (17), às 21h (Brasília).

 

FOTO: Imagem retirada da Internet

 

O jogo será marcado de reencontros, afinal Cuca, o técnico do time paulista, foi o técnico que levou o Atlético a ápice em 2013, quando o time alvinegro conquistou de forma heroica a Copa Libertadores. Será o grande reencontro dele com o Horto, palco de grandes emoções daquele ano inesquecível para os atleticanos.

Já do lado do Palmeiras, será o reencontro com o técnico Marcelo Oliveira, o mesmo que levou o time alviverde a conquista da Copa do Brasil ano passado.

 

Atlético-MG tem um grande retrospecto recente contra o Palmeiras, o time alvinegro não perde para o alviverde há cinco anos e venceu nove dos dez jogos.

 

Mesmo com uma grande decisão pela frente e o Palmeiras com as duas mãos na taça praticamente, o Atlético não quer da bobeira e quer sim garantir os três pontos dentro de casa. Se o Atlético vencer, matematicamente já estará classificado para a primeira fase da Libertadores e o time ainda almeja voltar para o terceiro lugar na tabela.

Se conseguir um bom resultado, Atlético pode alcançar uma marca importante na história, que é se classificar pela quinta vez seguida para a Libertadores. Com isso, o time alvinegro passa a ter a segunda maior sequência de participações na competição, ficando atrás somente do São Paulo.

 

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG X PALMEIRAS

 

Local: Arena Independência.

Horário: 21h (Brasília)

Arbitragem: Braulio da Silva Machado - SC (ASP-FIFA) 

Bruno Boschilia - PR (FIFA) e Neuza Ines Back - SC. 

 

Atlético-MG:  Victor; Carlos César, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso, Robinho, Cazares e Luan; Fred 

Técnico: Marcelo Oliveira

 

Palmeiras - Jailson; Jean, Yerry Mina, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés; Róger Guedes, Dudu e Gabriel Jesus.

Técnico: Cuca.

 

 

Eduarda Moreira, pelo Atlético uma vez até MORRER!

Curta Blog Mulheres em Campo