DO SONHO Á DOR: RELEMBRE A TRAJETÓRIA DA CHAPECOENSE EM 2016

 

 

Extraída da Internet

           

“Assim como há dias de luz, risos e felicidades haverá também dias de sombra, dor e lágrimas, mas tudo será necessário para nos ensinar os valores de cada uma das coisas que viermos a acumular ao longo da vida, sendo assim vamos viver o nosso hoje da melhor maneira possível, pois o amanhã é incerto, o amanhã é apenas um talvez para cada um de nós.” - (Valdeir Vieira)

 

 

Fonte: Uol

 

Há exatamente um mês atrás, o mundo acordou com a maior tragédia envolvendo o futebol da história. O avião que levava a delegação da Chapecoense, comissão técnica e jornalistas, caiu, deixando 71 mortos. E junto com ele se foram sonhos, planos e vidas.


O time se encaminhava para a realização de um sonho, estavam a um passo de conquistar um titulo internacional, e a sua consagração. O destino era Medellín, na Colômbia, onde eles enfrentariam o Atlético Nacional, para a grande final da copa Sul-Americana. Assim como o futebol, a vida é uma caixinha de surpresas e antes de chegaram ao seu  destino, nossos guerreiros chegaram ao céu.

A final não aconteceu, talvez não aqui na terra, o futebol é um esporte tão grandioso que pode ser decidido em outra dimensão.

Era um time que estava voando, literalmente! Eles chegaram para aprender e acabaram ensinando – ensinaram que podemos viver unidos, que o futebol nunca será apenas um jogo, e que o amor sempre vence.

 

Vamos relembrar a trajetória da Chapecoense em 2016

 

CAMPEONATO CATARINENSE

 

Extraída da Internet

 

O campeonato Catarinense de futebol é a principal divisão do futebol de Santa Catarina. O campeonato foi disputado por dez equipes no sistema de pontos corridos, com os campeões de turno e returno fazendo o confronto final.

 

A Chapecoense foi campeã do turno, e o Joinville do returno, e assim a final ficou Chapecoense X Joinville.

 

O jogo de ida ocorreu no dia 1 de Maio de 2016 na Arena Joinville, o único gol marcado na partida foi do Meia Ananias, que garantiu a vitória do verdão do oeste.

 

O jogo de volta ocorreu no dia 08 de Maio de 2016, na Arena Condá, a partida terminou empatada em 1 a 1, como os gol de Bruno Rangel pela Chape e Diego Felipe pelo Joinville. E assim a Chapecoense foi consagrada campeã do Catarinense, primeiro titulo de 2016.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO

 

Extraída da Internet

 

Desde seu acesso à elite do futebol brasileiro em 2014, a Chapecoense fez a sua melhor campanha em 2016. A equipe que era comandada pelo técnico Caio Júnior, somou 52 pontos e ficou em décimo primeiro lugar, à frente de equipes tradicionais como; Fluminense e Cruzeiro.

 

No ano de 2014 conseguiram se manter na Série A com o 15º lugar e em 2015, em mais uma campanha regular, ficaram na 14º posição.

 

COPA SUL-AMERICANA


Extraída da Internet

A Chapecoense disputava pela segunda vez consecutiva a Copa Sul-Americana, a primeira foi em 2015 - onde a equipe Catarinense foi eliminada nas quartas de final pelos argentinos do River Plate.

Em 2016, após ser eliminado na terceira fase da Copa do Brasil, a Chape acabou conseguindo mais uma chance de disputar a Sul-Americana. Na primeira fase passou pela equipe do Cuiabá, se classificando para as oitavas de final. Enfrentou então o Independiente da Argentina, conquistando a vaga nos pênaltis. Nas quartas de final, a Chapecoense passou pelo Junior de Barranquilla, da Colômbia. Na semifinal, a equipe catarinense passou pelos também argentinos do San Lorenzo, com direito a uma bela defesa do São Danilo. A final seria contra o Atlético Nacional, mas diante ao desastre a partida foi suspensa. Como homenagem a Chape, o Atlético solicitou a Conmebol, entidade organizadora do campeonato, que o título fosse entregue a Chapecoense e eles acataram. E no dia 05 de Dezembro, a Conmebol declarou oficialmente a Chapecoense Campeã da Sul-Americana, primeiro titulo internacional da equipe.

A intenção da Chape era pintar a América de verde, algo pequeno perto da grandeza desse clube, eles  foram além e pintaram o mundo de verde. O senhor amor tirou seu casaco vermelho e colocou um verde, a dona solidariedade também aderiu a essa cor, a paz mesclou-se e passou a ser branca e verde, a senhora união não ficou de fora uniu todos os times do mundo e decretou: Agora todos têm um pouco de verde, agora todos são Chape!


 

"Sempre recordaremos a campeã Chapecoense"

 

#ForçaChape


 


Carla Sobrinho