Domingo é dia de paz na guerra, é dia de clássico dos milhões!

É amanhã, domingo, 14 de fevereiro de 2016, às 17h (horário de Brasília). O Flamengo irá até São Januário enfrentar o famoso rival dentro de sua prórpria casa... É dia do famoso Clássico dos Milhões. 

A última partida disputada no estádio da colina pelos dois times foi em 2005, onde o Vasco venceu por 2 a 1, e houve uma grande confusão nas arquibancadas. Em 2015, o rubro-negro não conseguiu um bom retrospecto contra o rival, e ficou com aquele gostinho amargo de "freguesia" na boca. E para virar de vez essa página, nada melhor que vencer dentro da área de conforto deles. 

A torcida do Mengão só teve acesso a 10% dos ingressos, sendo que no Maracanã as torcidas eram divididas meio a meio. O esquema de segurança será o mesmo utilizado na partida contra o Corinthians, que deu o título ao time paulista, no ano passado. O clima é quente, afinal, são 390 partidas disputadas, com 148 vitórias do Flamengo, 134 vitórias do Vasco e 108 empates. Mas depois de vencer a paz é prioridade, é futebol, é amor!

 
Por que o nome "Clássico dos milhões"?
É um dos clássicos que envolve o maior número de torcedores no Brasil e uma das mais destacadas rivalidades no futebol brasileiro.
 
 
 
O Flamengo terminou a preparação para o clássico com presença forte da torcida na Gávea. No treino recreativo, bandeiras e muitos gritos dos torcedores. O técnico Muricy Ramalho não fez mistério, e o time rubro-negro vai a campo com o mesmo elenco da última partida, contra a Portuguesa, que cá entre nós, com a entrada de Mancuello ficou mais leve, mais solto e bem mais ofensivo. Segue a escalção: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Mancuello; Emerson, Marcelo Cirino e Guerrero.
 
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro.
Árbitro assistente N°1: Dibert Pedrosa Moises.
Árbitro assistente N°2: Jackson Lourenço Massara dos Santos.
4° árbitro: Lenilton Rodrigues Gomes Junior.
 
O jogo, sem dúvidas, será quente! As provocações de 2015 já chegaram à partida de amanhã através de Emerson Sheik. Mas que além de um bom jogo e muitos gols, tenhamos muita paz nesse duelo que já pode ser considerado um patrimônio histórico brasileiro. 
 
 
Não importa onde esteja, sempre estarei contigo
Com meu manto sagrado, a bandeira na mão
Vai começar a festa!
Mengão do meu coração!
 
 
Bárbara Lima