DUELO DE ESTILOS DIFERENCIADOS

Depois do 0x0 diante do time do Internacional, o SPORT encara o time do Atlético-PR na Ilha do Retiro com todo o reforço disponível, os jogadores vetados no jogo contra o time colorado por força contratual, os zagueiros Ernando e Léo Ortiz, o meia Andrigo e o volante Anselmo voltam a campo para o confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, dos jogadores relacionados apenas Ernando e Anselmo reforçam o time titular.

Diante desses retornos, Claudinei Oliveira coloca no banco de reservas o zagueiro Durval, com a lateral esquerda ainda em aberto, Sander está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e o time não possui um substituto de imediato, até o momento, Raul Prata será improvisado na posição, pois o Claudio Winck se recupera de lesão muscular e o Volante Deivid na direita.

 

Everton, Magrão, Anselmo e Marlone

(Foto: Site Oficial)

 

Teremos um duelo de estilos nesse jogo, enquanto o Furacão do Fernando Diniz preza pela maior posse de bola e troca de passes, o SPORT de Claudinei Oliveira tem o poder de roubadas de bolas e finalizações, onde ambos os times buscam objetividade, o Leão tem a seu favor o grande número de finalizações pela série A, até o momento foram 114 chutes, também é o time que mais chuta certo com 59 chutes. – “A gente sabe que é um jogo perigoso para eles também porque eles tocam a bola e a gente pressiona bem. Estamos entre os primeiros em desarme e finalização. Acho que vai ser um jogo bom como foi contra o Atlético-MG. Se a gente fizer o que Claudinei pede na parte tática, a gente tem grandes chances de vencer esse jogo” - disse o volante Fellipe Bastos.

 

(Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

 

Já Claudinei Oliveira pediu paciência a torcida, pois prevê um jogo complicado diante do furacão, por conta da boa defesa, atualmente com proposta diferenciada no cenário atual do futebol: “É uma equipe que joga de uma forma diferente. Treinam mais de cem vezes só a saída no tiro de meta. No momento que você perde a bola é interessante fazer uma pressão imediata e isso que a gente procurou trabalhar. Eles sem a bola se resguardam bem, e com a bola costumam construir as jogadas com trocas de passes. A gente pede paciência ao torcedor, para que nos apoie os noventa minutos”, disse o comandante.

 

Claudinei Oliveira

(Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)

 

O discurso de “Pés no chão” ainda continua na equipe, porém, não desprezam as qualidades do time adversário: “Sabemos o quanto o time do Atletico valoriza demais a posse de bola e um estilo de toque rápido de bola, vamos sempre continuar a encarar cada jogo como uma final e tentar mais um trunfo dentro de casa” Comentou Felipe Bastos, também compartilhada pelo companheiro Marlone, o meia ressaltou a humildade e seguimento do trabalho para continuar em boa fase, sem deixar a vaidade subir a cabeça e continuar no Caminho Certo.

No final do trabalho com bola alguns atletas participaram de cobranças de faltas e pênaltis, assim como finalizações de bolas alçadas na área.

Oliveira trabalhou marcação na saída de bola do adversário e jogadas de contra-ataque. Ele armou a equipe com Magrão; Deivid, Ronaldo Alves, Ernando e Raul Prata; Anselmo, Felipe Bastos e Gabriel;  Marlone, Rogério e Rafael Marques.


 

FICHA DO JOGO:

SPORT x Atletico PR

Data: 06/06/2018

Hora: 21:00

Local: Ilha do Retiro

 

ARBITRAGEM

É de Minas Gerais o trio de arbitragem de Sport x Atlético-PR. O comando será do árbitro Igor Junior Benevenuto de Oliveira, que será assistido por Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Júnior de Souza.

Por Nathalia Susana