DUELO DE RUBRO-NEGROS, ACABA EMPATADO, COM DIREITO À POLÊMICA, E O VAR COMO PROTAGONISTA

FOTO: Facebook oficial Flamengo 

 

O primeiro encontro entre Cariocas e Paranaenses, acabou empatado, em jogo disputado na Arena da Baixada. O embate decisivo acontecerá na próxima semana, no Maracanã. 

O encontro marcou a estreia do técnico português no comando do Flamengo, que de cara escalou a equipe sem Éverton Ribeiro e Diego Ribas. E assim deixando a massa Rubro-Negra sem entender nada. 

Mesmo assim, creio que todos os Flamenguistas não julgaram, a ousadia de Jorge Jesus, sabendo que era apenas o primeiro jogo em que o técnico comandava. Além disso, Jorge Jesus pôde ver por si só, que ambos não podem ficar no banco de reservas. 

 

O JOGO 

Na primeira etapa, vimos um Flamengo perdido em campo, sem muita criação, e totalmente exposto para o adversário, pois só pressionou nos primeiros minutos. 

Além disso, não conseguiam aproveitar os contra-ataques, quando tinha. 

O time Paranaense foi superior ao Rubro-Negro, e podemos dizer que tivemos sorte de não termos levado gol no primeiro tempo. Aliás, até levamos, mas de forma correta, o árbitro marcou impedimento, em duas ocasiões dos Paranaenses. 

Entretanto, a arbitragem liderada pelo árbitro Daronco deixou passar um lance bizarro. Em uma bola recuada da defesa Rubro-Negra, para arqueiro Diego Alves, o goleiro do Flamengo, defendeu com a mão fora da área, e o árbitro, mandou seguir o jogo. 

 

FOTO: DIVULGAÇÃO INTERNET 

 

O Flamengo só acordou para o jogo, na etapa complementar, principalmente após as entradas de Éverton Ribeiro e Diego. Mas foram os donos da casa que abriram o marcador primeiro, na Arena da Baixada. Em uma bobeira da zaga Rubro-Negra, após cobrança de escanteio, Leo Pereira marcou.

Antes do Flamengo empatar, houve mais polêmica, após Marcelo Cirino ser derrubado na área, e o árbitro não assinalar pênalti, pois houve falta na origem da jogada, em Rodrigo Caio.

Em seguida, Gabriel Barbosa empatou para os cariocas, em jogada que começou com uma cobrança de lateral, feita por Rodinei. O camisa 9 tocou por cobertura para bater o goleiro Santos.  

No final, o empate não foi ruim para o Flamengo, pois acreditamos que em casa seremos mais fortes, e confiamos na classificação. 

"Avaliação é que viemos para vencer. Muitas coisas boas aconteceram, estamos mais do que vivos para o Maracanã. Era um jogo para iniciar a caminhada, a equipe correspondeu. É ir com tudo na nossa casa", disse Diego após o jogo. 

 

O estreante da noite, Jorge Jesus avaliou o primeiro jogo à frente do Flamengo, que disse após o jogo, que não saiu satisfeito com o desempenho da equipe. 

 

FOTO: DIVULGAÇÃO INTERNET

"Não saio satisfeito com o empate, mas na primeira parte da eliminatória é um resultado que serve mais ao Flamengo. Viemos com uma ideia de jogo para poder disputar aqui e ganhar. Adotamos um sistema de jogo com muita autoridade e focado nas saídas do Bruno (Henrique) e do Gabi (Gabigol). Falta ainda um jogo e teoricamente foi um resultado melhor para o Flamengo", disse o técnico português. 

 

O Flamengo volta a campo, no próximo domingo (14), onde irá enfrentar o Goiás, no Maracanã, pelo campeonato brasileiro.

 

TUA GLÓRIA É LUTAR, E A MINHA É TE AMAR!

 

Rosileide Ribeiro