DUELO DE ZEBRAS? NÃO! DE GIGANTES!

Senegal e Japão empatam e seguem na ponta do Grupo H

 

Foto: Gazeta Esportiva

 

Que jogo meus caros! Um duelo de gigantes! Uma partida de amor a camisa, de entrega e de busca da realização do sonho da tão almejada classificação. Um empate que pode ser chamado de justo pelo o que cada seleção criou e que mantém as duas vivas na luta pelas oitavas.

O jogo foi marcado por falhas dos dois goleiros. Senegal abriu o placar com o craque Mané, depois que Kawashita, socou a bola em direção do senegalês. O gol fez a seleção de Cissé recuar e passar a dar mais espaço ao time do Sol Nascente. Até que Nagatomo serviu Inui na área, que ajeitou e estufou o canto direito de Senegal, deixando tudo igual.

 

Malandro é Mané! Foto: UOL Esportes

 

Sabendo da importância da vitória, os times foram para cima e deram trabalho para os goleiros. Em troca de passes, Sabaly girou para cima da marcação e cruzou rasteiro. Niang não conseguiu dominar, mas Wagué encheu o pé, colocando os Leões novamente a frente. Com pouco mais de 19 anos, Wagué tornou-se o africano mais jovem a marcar gols em Copas.

Atrás do marcador, o Japão acionou o experiente Honda, que de cara recebeu um presentão. Khadim N'Diaye saiu mal do gol, deixando o caminho livre para o japonês empatar. Fim de papo! 2x2!

Eleito o craque da partida, Mané disse:

 

“Honestamente, todos estão decepcionados, nós poderíamos ter vencido. Nós começamos bem, marcamos e eles empataram. Depois nós criamos chances perigosas, marcamos de novo e eles empataram”, disse o atacante.

 

Os japoneses ficam na liderança pelo número de cartões, 3 contra 5 de Senegal. Agora as duas equipes vão para a última rodada, dependendo apenas delas mesmas para carimbar o passaporte e disputar as oitavas de final. Senegal encara a Colômbia, às 11hrs em Samara. No mesmo dia e horário os japoneses encaram os colombianos em Volgogrado.

 

Por Mariana Alves