E a derrota não foi apenas no preço dos ingressos.

 

E o Sábado (10) ensolarado não foi tão ensolarado assim para o Brasil. Na partida válida pela 6º rodada do campeonato brasileiro, a equipe Xavante recebeu o Ceará, em casa. Após conseguir honrosamente um empate de 2x2, com dois gols de Lincom, acabou levando o terceiro gol nos acréscimos de Rafael Carioca.

 

Facebook Torcida Camisa 7.

O JOGO

O primeiro tempo não teve muitas chances de gols, mas dentre as que tiveram, a maior parte foi da equipe rubro negra. Mas futebol é futebol! Logo aos cinco minutos da partida, o Brasil já saiu atrás com o gol dos adversários, marcado por Rafael Pereira. Com algumas finalizações perigosas, a equipe pelotense enchia o torcedor de esperança de ser uma tarde de reação e mais uma vitória. Porém, os chutes de Bruno Lopes e Rafinha acabaram parando no goleiro Éverson.

No segundo tempo, aos 11, Lincom após levantamento de Marlon, cabeceou mas o goleiro do Ceará espalmou. E se não bastasse, instantes depois Arthur ampliou ainda mais para a equipe visitante. Com o placar em 2x0, Rogério colocou Marcinho no lugar de Bruno. Para quem sabe assim, ir em busca do gol que não estava vindo. Aos 28, ele veio! Lincom tirando do goleiro marcou o dele. E sim, aos 35’ Lincom nos concedeu o empate. Poderia ter parado aí, mas não, não parou. Quando a conquista do um ponto já era quase uma certeza, Rafael Carioca aos 45 decretou a vitória por 3x2 ao Ceará.

O Brasil está com oito pontos, ocupando 11º lugar na tabela. Na próxima Terça (13) às 21h30, enfrenta o Luverdense, na Arena Pantanal em Cuiabá.

 

Ficha técnica


 

Brasil: Eduardo Martini; Wender, Leandro Camilo, Evaldo (Teco) e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Bruno Lopes (Marcinho), Wagner e Rafinha (Elias); Lincom. Técnico: Rogério Zimmermann.

 

Ceará: Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio (Valdo) e Romário; Raul, Richardson, Felipe Menezes (Jackson Caucaia), Rafael Carioca e Roberto; Arthur (Wallace Pernambucano). Técnico: Givanildo Oliveira.

 

Gols: Lincom, aos 29 e 35min2T (B); Rafael Pereira, aos 5min1T, Arthur, aos 16min2T, e Rafael Carioca, aos 45min2T (C).
 

Cartões amarelos: Leandro Leite (B); Romário, Felipe Menezes e Rafael Carioca (C).

 

 

RESENHA

A derrota realmente não foi apenas com a declaração da direção sobre não baixar os valores dos ingressos. A derrota também veio, e amarga, dentro das quatro linhas. Um Sábado lindo, mas um jogo feio. Um Sábado lindo, mas uma Baixada sentindo saudades dos torcedores que pintavam as arquibancadas com a alma da Maior e Mais Fiel. Talvez não fosse nosso dia, ou talvez não esteja sendo. Escutem o torcedor! Escutem o maior patrimônio de um Clube.

 

 

GIOVANA BASTOS.