É DIFÍCIL, PORÉM, NÃO IMPOSSÍVEL !

Coritiba vai à BH enfrentar o Atlético Mineiro, em busca de sua primeira vitória fora de casa.

 

O Coritiba tem pela frente a difícil missão de vencer o Atlético Mineiro, fora de casa. O time alviverde que ainda não conseguiu vencer, apesar de ser uma partida difícil, nada será impossível. O time está à cinco jogos sem perder, porém, à duas rodadas sem marcar gols, o que preocupa o técnico Pachequinho, antes tínhamos uma dificuldade no setor defensivo, ficamos com a pior defesa do campeonato, agora, não tomamos gols, porém, também não fazemos, agora temos que “acertar o pé”.

 

E foi isso que o técnico frisou nos treinamentos :

 

“Em todos os jogos temos criado e tivemos oportunidades. Nesse último jogo (contra o Botafogo) teve a bola que parou na risca. Contra os adversários parece que é o contrário, a bola entra, mas para nos a dificuldade se torna maior. Vamos trabalhar essa questão para que a sorte nos ajude, e consigamos fazer os gols e as vitórias” disse em entrevista coletiva.

 

Além disso o técnico não escondeu seu desejo de ser efetivado como técnico do Coritiba, ele irá completar 10 jogos como técnico interino do time, para a diretoria ele é técnico, porém, uma total definição só viria no fim do primeiro turno, onde os dirigentes iriam avaliar como foi o desenvolvimento do treinador, já são 2 vitórias, 2 derrotas e 5 empates no comando o Alviverde, além disso, Pachequinho conta também com o elenco que super apoia a efetivação do treinador.

 

“Sei que é importante aos jogadores terem essa definição para que as coisas para eles sejam um pouco mais objetivas, mas estamos dando toda a nossa contribuição como funcionário e profissional para a gente tirar o Coritiba dessa condição o mais rápido possível.” Disse Pachequinho.

E para que essa efetivação venha, o time teve uma semana inteira de preparação, chegou até à fazer um jogo treino contra os reservas do Paraná Clube, no treino do sábado (16), o técnico fez mistério e colocou 14 jogadores como titulares. Mas já sabemos que Bernardo não fará sua estréia como titular, o técnico prefere esperar para que o jogador esteja 100%, além disso, Carlinhos volta a fazer parte da equipe após cumprir suspensão. No departamento médico estão, Gonzaléz, Ruy, Iago, Ortega e Tiago Lopes. O treino teve também, a presença ilustre do senhor Presidente Rogério Bacellar e do Diretor de Futebol Alex Brasil.

 

"Em treino, Pachequinho teve uma longa conversa com o atacante Kléber"

-Fonte: Globo Esporte.

 

O Coxa ainda treina neste domingo (17)  antes de embarcar para BH, o dia e o horário trazem uma rotina um tanto diferente na vida dos atletas:

"Somos profissionais e temos que nos adaptar ao horário e a data. É diferente você jogar na segunda-feira, porque teoricamente é um dia de folga do atleta ou de trabalho de recuperação. Se for definido jogar domingo pela manhã, final de semana a tarde, a noite, ou na segunda-feira como será agora cabe a nós buscar fazer o nosso melhor e se preparar para isso” – disse Ceará.

 

O Coritiba não tem um bom retrospecto contra a equipe Mineira, são 43 jogos, 13 vitórias Coxa Branca, 25 Atleticanas e 5 empates, o último jogo, ano passado pelo Brasileirão, o Coxa estava em uma situação parecida com a de hoje, perdeu para o Galo no Couto por 3x0. Mas são apenas retrospectos, o Coritiba vai pra cima e quer sair de Belo Horizonte com a vitória, se conseguir arrancar 1x0 já será goleada, o que vale mesmo são os três pontos e se distanciar de vez da zona do rebaixamento.

 

Atlético-MG x Coritiba

 

Local: estádio Independência, em Belo Horizonte

 

Data e horário: segunda-feira, às 20h (horário de Brasília)

 

Escalação provável: Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Alan Santos, João Paulo e Juan; Leandro (Vinícius ou Edinho), Kazim e Kleber

 

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS) no apito, auxiliado por Carlos Berkenbrock (SC) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

 

VAI PRA CIMA DELES VERDÃO !


Patrícia Moro