É FRUSTRAÇÃO QUE FALA?! AMÉRICA PERDE (DE NOVO) E CONTINUA NO Z-4

É frustrante, mais uma vez, escrever que o Coelhão foi superado, mesmo que fora de casa. O jogo desta terça-feira (11), que foi válido pela oitava rodada da competição, era o último antes da parada para a Copa América e queríamos estar fora do Z-4 antes dessa pausa.

Estou sem palavras… Ontem ouvi alguns torcedores amigos dizerem que não vão mais assistir aos jogos, enquanto o time não tomar vergonha e se estabilizar! Não podemos aceitar que o América coloque a culpa no cansaço, afinal, se não querem jogar bola, vão fazer outra coisa! É fato que a paciência da torcida já acabou! Não deveria, mas já era esperado que o líder da Série B superasse um time na zona de rebaixamento. Mas isso é sério! A instabilidade virou regra nos jogos do time americano e não uma exceção. Falta intensidade, vontade… Acho que já falei isso aqui em outras ocasiões e pensei que teria chegado ao fim esta fase, mas… Agora já não sei!

 

Foto: Daniel Hott/América MG

 

Os anfitriões foram agressivos desde o início do jogo, imprimindo seu ritmo à partida e os visitantes, por sua vez, se defendiam. Aos 26 minutos da primeira etapa o Bragantino-SP abriu o placar, com um chute de fora da área. Atrás no placar, o América foi para o ataque e Rafael Bilu até criou chance de gol, mas sem sucesso. Já no segundo tempo o Coelhão apertou a marcação, tentou criar jogadas, mas não conseguiu marcar e para piorar o time da casa teve um pênalti marcado a seu favor, ampliando o marcador para 2x0, aos 13 minutos. Na sequência os atletas americanos tentaram buscar o gol, mas os adversários seguraram bem o resultado. Resultado final: mais uma derrota na conta, 18ª colocação na tabela e frustração.

O próximo compromisso do América, válido pela nona rodada da Série B, será no Independência, no dia 13 de julho, diante do Figueirense, com horário a ser definido

O que falta para o América se ajustar? Será que essa parada de um mês será benéfica? Esperamos que sim!



BRAGANTINO-SP 2x0 AMÉRICA
 

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (CBF/RJ)
Auxiliares: Diogo Carvalho Silva (CBF/RJ) e Gabriel Conti Viana (CBF/RJ)

Gols: Claudinho aos 26 minutos do 1ºT, Ytalo aos 15 minutos do 2ºT  (Bragantino-SP)

Cartões amarelos: Neto Berola e Leandro Silva (América) 

BRAGANTINO-SP
Júlio César; Aderlan, Ligger, Rayan e Edimar; Barreto e Uillian Correia; Wesley (Roberson), Ytalo (Pio) e Claudinho; Thiago Ribeiro (Tubarão)
Técnico: Antônio Carlos Zago

AMÉRICA
Thiago; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Luiz Fernando (Willian Maranhão), Zé Ricardo (Matheusinho) e Juninho; Felipe Azevedo, Rafael Bilu e Marcelo Toscano (Neto Berola).
Técnico: Maurício Barbieri

 

Por Mellina Mesquita