É o grito de indignação que ecoa na parte azul BH

O Cruzeiro segue sem vencer no Mineirão e amarga um dos piores começos de campeonato da história. O cruzeirense não está acostumado com isso e mostra sua indignação.

(Foto: Globoesporte.com)

Em um jogo cheio de falhas e desfalques, o Cruzeiro levou a pior. Nos minutos iniciais, o time celeste estava em um ritmo bom, que iludiu o torcedor, mas, rapidamente os erros de passes começaram a ganhar o destaque e a equipe do Flamengo aproveitava, tanto é, que aos 42 minutos, o estreante Rever achou um gol.

O Cruzeiro voltou melhor para o segundo tempo, o Flamengo recuou, mas a equipe celeste sofre com a falta de precisão em suas finalizações. Não da para entender o que acontece com um time que toca muito, que tem muitas finalizações e sempre tem maior posse de bola, mas que não ganha à partida. 

O futebol pode até não ser justo, mas vitória se faz com gols.

Não queremos explicações com frases prontas, queremos ação, queremos reforços, queremos respeito! A omissão da diretoria chega a dar medo!

Paulo Bento fez o time ter um pouco de evolução, mas ele não pode fazer milagre, e a culpa não é dele! A culpa é da diretoria que não contrata, que se esconde depois das derrotas e que acha que o torcedor se contenta apenas com uma vitória sobre o rival, que não aparece para sequer conversar com o elenco, e que se diz estudar contratações que ninguém vê.

Não tentem manchar a história gloriosa do nosso time, o Cruzeiro é gigante demais para estar passando por um momento assim. Isso é uma falta de respeito com o torcedor que tinha que acordar cedo para trabalhar, e que ficou no frio, correndo risco ao voltar para casa, mas que ficou para apoiar seu time, por amor e por respeito, e que não recebe nada em troca. O mínimo que exigimos é RESPEITO.

ACORDA DIRETORIA!

#NãoBrinqueComOCruzeiro

Por Greicy Santos