É SEMIFINAL DA LIBERTADORES, MEUS AMIGOS!

(Foto: Globoesporte.com/Divulgação twitter do Flamengo)

E chegou a semana mais importante do ano para o nosso Flamengo. Meus amigos, não é um campeonato qualquer, é Libertadores. Entenderam? LIBERTADORES.

O coração ouve essa palavra e chega a bater de um jeito diferente.

Após uma grande espera, Flamengo e Grêmio decidem nesta quarta (02), o primeiro jogo da semifinal, que será disputada na Arena do Grêmio, às 21h30.

Por termos a melhor campanha entre os dois times na primeira fase, o Flamengo terá a vantagem de decidir o confronto no Maracanã, no dia 23 de outubro.

Depois de 35 anos, o Flamengo volta a uma semifinal de Libertadores e reencontra o Grêmio, e se formos parar e pensar direitinho, nosso retrospecto em competições de maior valor, não é dos melhores, contra o time tricolor.

De um lado, Jorge Jesus está embalado para levar o time Rubro-Negro ao tão sonhado bicampeonato da Copa Libertadores da América.

Por outro, seu adversário Renato Gaúcho, como técnico, busca seu segundo título no torneio ocupando o cargo de treinador e o quarto do imortal na história.

Nos últimos dois anos, o Flamengo frequentou as semifinais da Copa do Brasil de 2017 e 2018, além da Sul-América de 2017. O desempenho do time carioca em fases de mata-mata é positivo, mas o Grêmio defende uma marca de 15 anos de invencibilidade sobre o time Rubro-Negro em duelo em Porto Alegre.

De 2006 até 2018, foram 14 duelos, no Sul, contando entre Brasileiro e Copa do Brasil, onde o Flamengo perdeu dez e empatou quatro.

Por mais que os torcedores Rubro-Negros estejam ansiosos, nervosos e iludidos, enfrentar o time tricolor no Sul, não nos favorece.

E essa é a primeira batalha rumo ao que desejamos muito. Em busca do Bi!

Lista de relacionados para os dois próximos jogos do Flamengo (contra o Grêmio e Chapecoense pelo Brasileirão):

 

(Fonte: Divulgação/ Twitter do Flamengo)

Possível escalação do Mais Querido para a partida contra o Grêmio: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí, Filipe Luís, Arão, Gérson, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

Nada pode deter a força de um Manto Sagrado e de uma Nação unida. Jogaremos juntos nessa caminhada!

TUA GLÓRIA É LUTAR!

POR RHAYANNE ATHYRSSA.