É SÓ AMOR!

 

O que é amor? Entre mil definições nos dicionários, eu sinceramente, não sei responder. Às vezes vejo amor em coisas tão simples , que passam despercebidas nesse nosso cotidiano louco, e outrora, parece ser algo tão irreal, que se é fácil de acreditar que não existe, ou que só existe na cabeça dos sonhadores iludidos.

 

Foto:reprodução internet

No meio de todo o dilema envolvendo essa simples palavrinha de apenas quatro letras, paro, penso e lembro de tudo que eu amo, de tudo em que eu consigo enxergar o famoso amor, e é impossível não lembrar dele, aquele que depois do papai e da mamãe, foi e é o primeiro amor, meu time do coração!

Dizem por aí que amor é quando você está disposto a fazer tudo por alguém, no nosso caso, por algo. E quem nunca? Quem nunca discutiu com alguém para defender seu time? Quem nunca soltou aquele grito no meio do estádio mandando o juiz apitar direito? Quem nunca cancelou compromisso ou inventou desculpas para poder assistir seu time jogar? Nós sempre!

Já ouvi falar também, que o amor aparece quando não desistimos de algo mesmo quando todos dizem que não vai dar certo:

”É com esse time aí que vocês querem brigar por título?”

“Com esse elenco vocês não passam nem da primeira fase da libertadores.”

E as vezes você pode até concordar, mas está lá, lotando os estádios, perdendo a voz de tanto cantar para empurrar seu time. Mas como nos livros de romance ou naqueles poemas bem melosos e clichês, a maior prova de amor, é demonstrá-lo mesmo nas adversidades da vida, para nós, do jogo. Ainda não acredita no tal amor? Quer exemplos?

Campeonato Brasileiro 2005 – Atlético Mineiro estava rebaixado após empate com o Vasco da Gama, no Mineirão. No final da partida, demonstrando amor pelo clube e reconhecimento ao esforço dos jogadores, a torcida atleticana promoveu um momento inusitado e emocionante. Apesar da equipe ter sido rebaixada, os torcedores aplaudiram o time de pé e cantaram o hino do Atlético-MG.

Copa do Brasil 2008 – O placar de 1x0 dava o título ao Corinthians,
Empurrado pela torcida, que lotou o caldeirão da Ilha, o Sport fez o que precisava. Com gol aos 41 minutos do segundo tempo, a Ilha do Retiro foi abaixo com o título mais importante da história do rubro-negro pernambucano. 

Copa do Brasil 2013 – O Flamengo era perseguido pelo fantasma do possível primeiro rebaixamento, e em um super jogo, se classificou para as quartas de final em cima do Cruzeiro,com gol de Elias ao 43 minutos do segundo tempo. O empurrão decisivo no segundo tempo foi dado pela torcida, que levou o time à frente no maior público em jogos de clubes do novo Maracanã.

Campeonato Brasileiro 2015 -  A situação do Vasco no Campeonato Brasileiro não era nada fácil. Entre a vida e a morte na série A, o técnico do Vasco Jorginho, Nenê e a torcida deram início a campanha Eu escolhi acreditar, que por pouco não resultou na reabilitação do time. Hoje o clube da colina vive seu terceiro rebaixamento mas as arquibancadas de São Januário estão sempre contagiadas pelo amor do torcedor cruz-maltino.

Muito se ouve por aí, a frase “Consideramos justa toda forma de amor”, então, que essa nossa loucura,  seja considerada mais do que justa, seja sim, considerada AMOR.

Com muito amor ao Clube de Regatas do Flamengo e ao futebol, Bárbara Lima.