ÉHHHHH QUARTA-FEIRA! ÉHHHHHH QUARTA-FEIRA!

Saravá São Jorge nosso Padroeiro, o dia mais esperado está chegando: Dérbi no chiqueiro!

 

Aquele dia esperado por alvinegros e alviverdes, finalmente está chegando. Estamos separados por pouco mais de 24hrs de mais um Dérbi, de mais um clássico contra nosso rival da Barra Funda.

Líderes e invictos, vamos para o confronto com força máxima e apoio incondicional da Fiel Torcida. Depois de cumprir suspensão na partida contra Ponte Preta, Fagner treinou e será titular. Nos treinamentos Carille, ensaiou jogadas de bola parada e não fez mistério quanto a escalação. Durante o trabalho tático, o técnico confirmou o Corinthians com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Cássio foi acompanhado de perto por Taffarel e poderá surgir na lista de convocados para a Seleção de Tite.

 

Taffarel acompanhou os treinamentos de Cássio.

Foto: Daniel Augusto/ Ag. Corinthians

 

Por falar na Fiel, torcedores organizados lotaram a entrada do CT Joaquim Grava, para incentivar o time. É uma forma de demonstrar o quanto estamos fechados com o time, já que seguindo a determinação judicial, os clássicos em SP, seguem com torcida única.

A festa que tiraram do povão foi feita na rua, com rojões, bateria, bandeiras, faixas e cantos a plenos pulmões.

 

Torcida marcou presença. Foto: Globo Esporte

 

Tudo transcorreu de forma pacífica, com crianças inclusive. Os mais de 1200 torcedores presentes, salientaram o quanto o clássico é importante, o jogo da vida para nós Corinthianos. No fim, os atletas saudaram os torcedores!

O técnico Fábio Carille, ressaltou a importância do apoio da Fiel:

 

“É a segunda vez na verdade, antes do clássico teve lá no nosso estádio. É muito importante, nos fortalece ainda mais nesse ano que está sendo maravilhoso para nós”, comentou o comandante. (Gazeta Esportiva)

 

Jogadores do Corinthians saudando a torcida. Foto: Diego Ribeiro

 

Agora meus queridos leitores, vamos a uma breve e simples reflexão. Nosso time não perde há quase 4 meses, é líder isolado com 32 pontos, 88% de aproveitamento, somando 10 vitórias e dois empates, sendo um no apito contra o Coritiba, quando o gol de Jô foi mal-anulado. Qualquer equipe que num campeonato nivelado como é o Brasileirão, que viesse de título e conseguisse abrir uma vantagem de 9 pontos para o segundo colocado, seria saudada e aplaudida. Mas infelizmente, com o Corinthians não é assim.

A muito tempo já não tenho o prazer de assistir os folhetins esportivos, pois a desvalorização do Corinthians é maçante e nojenta. Porém hoje decidi assistir. Liguei a TV no programa “Os Donos da Bola”, e quando a pauta foi o Dérbi, eis minha surpresa.

O GC, trazia a frase: Dérbi decidirá o futuro de Corinthians e P*********. Fiquei sem entender. Se o Timão está a 13 pontos do rival, como poderia o clássico decidir o nosso futuro? Mas não para por aí.

Em outros programas, dizem que a luta pela ponta é de Corinthians e Flamengo. KKKKKKKKKKKKKK faça-me rir! o time carioca luta é pela vice-liderança, pois para alcançar o alvinegro, tem é chão.

Sem contar as narrações, ou alguém aí aguenta os comentários do Casagrande? Eu nunca vi tamanha raiva ao Corinthians! Tem horas que eu me pergunto: ele está vendo o mesmo jogo que eu? O melhor dia, foi o que ele teve finalmente que assumir, que o esquema de Carille dá sim resultado! Porém, já não consigo acompanhar o futebol pela Globo, mais de 2 minutos.

O que vemos é uma atitude desesperada de valorizar um campeonato, onde apenas uma equipe se destaca positivamente. O pior para essa mídia vendida e anticorinthiana é ver um clube sem estrelas, taxado e desacreditado, disparar no campeonato, jogando concomitantemente, outra competição.

As desculpas, são as mais estapafúrdias o possivel. Dizem que não jogamos, quando temos cerca de 39 jogos na temporada e o rival 38. Dizem que jogamos feio, mas vencer por 1x0 não dá os mesmos 3 pontos?

11, 19, 20 são as pontuações da 3º, da 2º e da 1º força de São Paulo, enquanto a 4º, não vê ninguém à sua frente, com 32 pontos. Bem, sabemos que não temos que provar nada a ninguém e de que, de vitória em vitória, temos traçado nosso caminho rumo ao Hepta.

 

Por Mariana Alves