ELIMINATÓRIAS DA EURO: CLASSIFICAÇÃO CADA VEZ MAIS PERTO.

Líder do grupo, a Ucrânia recebe a Lituânia em busca de mais uma vitória.

 

Foto: Site Oficial da Ucrânia 


 

As Eliminatórias da Euro estão de volta, e para o Grupo B ela começa nesta sexta-feira (11), com jogos às 15h45 da tarde (Horário de Brasília). No primeiro jogo do grupo, a líder absoluta com 13 pontos, a Seleção da Ucrânia tem como objetivo seguir pontuando para conseguir a classificação direta para a competição de preferência nos dois próximos jogos. O próximo adversário será a Seleção da Lituânia, que soma apenas 1 ponto na última colocação e provavelmente vai ficar de fora do torneio. As duas seleções já se enfrentaram nas eliminatórias e jogando fora de casa, a Ucrânia venceu pelo placar de 3 a 0. A partida desta sexta acontece no Estádio Metalist em Kharkiv.

 

UCRÂNIA:

 

Foto: Site Oficial da Ucrânia 

 

No último dia (07), a Seleção da Ucrânia se apresentou em Kharkiv para dar início a preparação para os dois jogos importantes que terão pela frente nas Eliminatórias. Durante a semana, como de costume, a seleção fez um treino leve aberto que contou com a presença de mais de 6.000 torcedores no Estádio Metalist. Os jogadores distribuíram presentes, autógrafos e também tiraram fotos com quem estava presente.

Em meio a muito frio e já pensando na partida, a seleção azul e amarela começou o seu trabalho tático em dois períodos, manhã e noite, com os jogadores de ataque treinando em separado. A Ucrânia encerrou a sua preparação nesta quinta-feira (10), véspera da partida, e o treinador Andriy Shevchenko não deve ter problemas com desfalques, porém ainda não decidiu os 11 jogadores que vão iniciar a partida diante da Lituânia. Em entrevista coletiva, o atacante e um dos jogadores mais importantes da equipe Roman Yaremchuk, falou sobre o adversário e sobre o que a equipe vai buscar na partida:

 

"Os lituanos nos estudaram e conhecem nossos pontos fortes, para que possam ter um plano de jogo diferente. É difícil dizer agora, mas espero um estádio cheio e o décimo segundo jogador em Kharkiv seja uma forte inspiração para nós e possamos avançar. E, como sempre em casa, mostraremos um jogo de qualidade e obteremos o máximo de resultados. A gente precisa levar os três pontos e seguir em frente."

 

CONVOCADOS:

Goleiros: Andriy Pyatov (Shakhtar Donetsk), Denis Boyko (Dínamo de Kiev), Andriy Lunin (Valladolid, Espanha).

Defensores: Sergey Krivtsov, Mykola Matvienko, Sergei Bolbat (todos - Shakhtar Donetsk), Nikita Burda, Vitaliy Mykolenko, Alexander Karavaev (todos - Dynamo Kyiv), Igor Plastun (Gent, Bélgica), Edward Sobol Bruges, Bélgica).

Meio-campistas: Andriy Yarmolenko (West Ham, Inglaterra), Yevgeny Konoplyanka, Taras Stepanenko, Marlos (todos - Shakhtar Donetsk), Viktor Tsygankov, Vitaliy Buyalsky (ambos - Dínamo de Kiev), Ruslan Malinovsky (Atalanta, Itália), Alexander Zinchenko (Manchester City, Inglaterra).

Atacantes : Roman Yaremchuk (Gent, Bélgica), Junior Moraes (Shakhtar Donetsk).

 

LITUÂNIA:

 

Foto:Site Oficial da Lituânia 


 

Com uma situação bastante complicada e sem nenhuma vitória nas eliminatórias, a seleção da Lituânia vai enfrentar mais um duro adversário na competição, a Ucrânia. A equipe começou a sua preparação na última segunda-feira (07), com a presença de todos os atletas convocados e treinou forte durante a semana com a volta de um jogador muito importante para a equipe Arvydas Novikov, que está retornando após uma lesão. 

Nesta quinta-feira (10), a Lituânia viajou para Kharkiv, local da partida sem a presença do zagueiro Mindaugas Pallionis, que foi liberado para resolver problemas familiares e do goleiro Ernest Šetkus que sentiu dores na coxa. A Seleção da Lituânia mesmo com as suas dificuldades se mostra uma seleção alegre e que está sempre em busca de dias melhores.

Para esta partida, os jogadores vão tentar usar o conhecimento de já terem enfrentado a Ucrânia para tentar tirar pontos do adversário, mesmo longe de casa.

 

“Quando jogamos a primeira partida, percebemos que tínhamos que jogar com coragem. Precisamos jogar de forma agressiva, não ter medo do nosso futebol. Acredito que se fizermos tudo em campo, podemos obter um bom resultado. ” Disse o zagueiro Mindaugas Pallionis. 

 

CONVOCADOS:

Goleiros: Emilius Zubas (Bnei Yehuda, Israel), Vytautas Chernauskas (CSKA C, Bulgária) e Marius Adamonis.

Defensores: Rolandas Baravicas (Zalgiris B), Linas Klimavicius (Dínamo B, Romênia), Vytautas Andryushkavicius (Tobol, Cazaquistão), Edwinas Guidard, Edwinas Guy Algis Yankauskas (Suduva), Egidius Vaitkunas (Zalgiris K).

Meio-campistas: Saulus Mikolunas, Modestas Vorobyovas, Domantas Shimkus (todos - Zalgiris B), Arturas Júlpa (Tobol, Cazaquistão), Arvidas Novikovas (Legia, Polônia), Donvidas Kazlauskas (Ritteryus), Ritteryus, Gedras Matulevicius, Ovidius Verbitskas (todos - Suduva), Justas Lasitskas (Vozdovac, Sérvia).

Atacantes : David Matulevicius (Žalgiris K), Karolis Lauksemis (Istra 1961).


 

Texto: Jessica Martins.