ELIMINATÓRIAS DA EUROCOPA 2020

 

Imagem relacionada

Foto: AFP - UEFA


 

ELIMINATÓRIAS DA EUROCOPA 2020

As primeiras rodadas da fase de grupos começam nesta quinta (21) e prosseguem até sábado (23)

 

Começam os jogos da fase eliminatória do segundo maior campeonato de futebol entre seleções do mundo, perdendo apenas para a Copa do Mundo, que acontece a cada quatro anos desde o ano de 1960. Esta edição é bastante especial pois marca o aniversário de 60 anos do torneio e pela primeira vez na história as partidas serão disputadas em 12 municípios de diferentes países.

Além de Itália (Roma) e Inglaterra (Londres), esta edição acontecerá em Amsterdã (Holanda), Baku (Azerbaijão), Bilbao (Espanha), Bucareste (Romênia), Budapeste (Hungria), Copenhague (Dinamarca), Dublin (Irlanda), Glasgow (Escócia), Munique (Alemanha) e São Petersburgo (Rússia). O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, falou sobre a novidade:

“É um enorme prazer poder levar o EURO 2020 a tantos países e cidades, ver o futebol agir como uma ponte entre nações e aproximar a competição dos adeptos que são a verdadeira essência da modalidade."

Com o intuito de manter o torcedor informado de tudo o que acontecerá dentro das quatro linhas, o Blog Mulheres em Campo montou uma equipe especial com colunistas para cobrir os jogos.

https://chuteirafc.cartacapital.com.br/wp-content/uploads/2019/03/pogba-mbapp%C3%A9-eurocopa-2020.jpg

Pogba e Mbappé treinam para o primeiro jogo

Foto de Franck Fife - AFP

 

Ao todo são 55 seleções que disputam as 24 vagas da competição. Os dois primeiros colocados das 10 chaves se classificam diretamente. As quatro vagas remanescentes serão atribuídas após a disputa de um play-off com os 16 campeões de cada grupo das quatro divisões da Liga das Nações. Lembrando que, que caso a seleção já tenha garantido a sua vaga pela fase anterior, a equipe seguinte ganhará a chance de disputar a fase.

A abertura da competição acontece no dia 12 de junho no Estádio Olimpico de Roma, enquanto a final será em Wembley, conhecido como The Home of Football , com capacidade para 90.000 torcedores, no dia 12 de julho.

Após vencer a Copa do Mundo 2018, a França é a principal candidata a erguer o troféu, a vice Croácia também entra na lista. As seleções da Bélgica e Inglaterra, Itália, Espanha, Suíça, Holanda, Dinamarca, Suécia e Portugal também têm ótimas chances.

O 2016 incrível de Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo festeja o gol de Portugal na final de 2016 do banco

Getty Images

 

Portugal foi a campeã em 2016 ao vencer a França por 1 x 0. Foi um jogo dramático, pois o grande craque do time, Cristiano Ronaldo, saiu lesionado nos primeiro tempo. No entanto, o time soube lidar com o desfalque e levantou a taça com méritos.

Nesta edição, CR7 igualou o registo de Michel Platini de nove gols em partidas de fases finais de europeus. O terceiro maior goleador do torneio é o inglês Alan Shearer, com sete tentos.

Uma curiosidade sobre a tão sonhada Taça Henri Delaunay. Em 2008, ganhou uma nova versão baseada no design original criado pela empresa Arthus-Bertrand, em 1960. O troféu leva o nome de um dos homens mais importantes do futebol e idealizador da EuroCopa. Delaunay foi antigo presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF) e primeiro secretário-geral da UEFA, desde a data da sua criação, em 15 de Junho de 1954, até 9 de Novembro de 1955.


 

Confira todos os grupos das Eliminatórias da Eurocopa:

 

Grupo A

Inglaterra

República Tcheca

Bulgária

Montenegro

Kosovo

 

Grupo B

Portugal

Ucrânia

Sérvia

Lituânia

Luxemburgo

 

Grupo C

Holanda

Alemanha

Irlanda do Norte

Estônia

Bielorrússia

 

Grupo D

Suíça

Dinamarca

Irlanda

Geórgia

Gibraltar

 

Grupo E

Croácia

País de Gales

Eslováquia

Hungria

Azerbaijão

 

Grupo F

Espanha

Suécia

Noruega

Romênia

Ilhas Faroe

Malta

 

Grupo G

Polônia

Áustria

Israel

Eslovênia

Macedônia

Letônia

 

Grupo H

França

Islândia

Turquia

Albânia

Moldóvia

Andorra

 

Grupo I

Bélgica

Rússia

Escócia

Chipre

Cazaquistão

San Marino

 

Grupo J

Itália

Bósnia-Herzegovina

Finlândia

Grécia

Armênia

Liechtenstein


 

Carla Andrade

Rosileide Ribeiro